O Trabalho do Meu Amigo Krzysztof Wagner

Uma das coisas muito interessantes que o papel modelismo proporciona, por causa da sua portabilidade e o uso intrínseco da informática na concepção de modelos ou na modificação ou ainda na sua impressão doméstica, é a interatividade entre modelistas e designers.

Nas primeiros anos do século XXI o papel modelismo entrou em afirmação na cena do hobby. Num Mundo dominado pelo plastimodelismo, foi natural surgir uma pequena (grande) comunidade internacional e se conhecer de nome, conversar, compartilhar idéias com pessoas do Mundo todo.

Em 2006 conheci pelo fórum Zealot. o amigo Krzysztof Wagner, um grande designer Polonês de papermodels, um verdadeiro artista, pois além de ser excelente designer, ainda pinta a mão as capas dos seus modelos que são vendidos na Ecardmodels. Os modelos do Krzychu74 como também ele é conhecido, primam pelo realismo nas texturas e nos detalhes, além de uma linha de aeronaves “esotéricas” (os meus favoritos são o Mitsubishi 1MT1N e o IAe 24 Calquin) ele tem dedicado-se a uma bela linha de navios que também está a venda na Ecardmodels.

calquin_2 k74_F6FHELLCAT_COVER

californian_4 californian_coverAlém de todas essas coisas legais Krzystof ainda mantém um blog o “Z notatnika PGiN.” onde ele vai mostrando as fases dos desenhos de seus atuais projetos.

Captura de tela de 2014-08-12 16:26:30

http://mikromodele.blogspot.com.br/

Além disso o designer mantém uma página no Facebook que é constantemente atualizada com os seus projetos e que tem muita possibilidade de interatividade

https://www.facebook.com/pages/Paper-Models-Design/137918202947434

Uma coisa legal tenho que falar sobre o Krzychu74, foi ele que me “apresentou” a escala 1/100, tive a honra de testar dois modelos dele na escala 1/100. o avião Vickers Jockey, o Fokker V1 “Flöh” e a bomba voadora V-1, depois disso nunca mais parei de modelar na escala 1/100. 😉

17158_1093444674704_7260716_n 17158_1093413753931_5001802_n 10391537_1065495295987_873155_nAté a próxima amigos!  :)

 

Um preview: Kawanish H6K4 “Mavis” e Isuzu TX 40 Type 89 na escala 1/100

Mais um projeto  sendo constituído para a minha coleção japonesa  da II Guerra Mundial, dessa vez é o imponente Kawanishi H6K Mavis, hidro-aviã de patrulha da II Guerra Mundial.  Com o codinome aliado “Mavis” o Kawanishi H6K era conhecido também pelo serviço militar nipônico como “Hidroavião de Longo Alcance Type 97″ – 九七式大型飛行艇

H6K-Type97-Mavis-f

A idéia é realizar esse teste para o amigo Aaron Murphy da Murph’s Models, o modelo original está na escala 1/63 o que o deixa muito grande, até mesmo na 1/100 o modelo já é grande o suficiente, com envergadura de 40 cm. Aqui vemos a construção do primeiro grande subconjunto com as asas finalizadas.

Como o modelo tem trem de pouso de praia, peguei um caminhão Isuzu TX 40 Type 89 da Scissors and Planes já na 1/100 e montei com a idéia de fazê-lo rebocando  o Mavis quando este estiver pronto. O caminhão já está montado como vocês podem ver nesta galeria abaixo.

Espero em breve ter novidades a respeito dessa montagem que pretendo terminar em duas semanas mais ou menos.

Mitsubishi Ki-30 “Ann” na escala 1/100

Mais um japinha para a coleção:

Mais um avião japonês de 1930 para a minha coleção, graças ao amigo Aaron Murphy e a Oddball Productions. Dessa vez a aeronave em questão é o bombardeiro ligeiro tático Mitsubishi Ki-30 “Ann”. Entre os anos de 1920 e 1930, o Japão era uma das grandes potências militares do planeta, estava entre a terceira e quarta colcação em termos de força militar. No entanto o progresso técnico japonês era sempre mal visto tido como cópias de baixa qualidade do equipamento das nações do ocidente, ou então era simplesmente ignorado, o que gerou desagradáveis surpresas para ingleses e americanos ao estalar a guerra do Pacífico a partir de 1941. O Ki-30 “Nagoya” é bom exemplo de aeronave moderna de ataque que o Exército Imperial Japonês tinha disponível na segunda metade da década de 1930, apelidado pelos pilotos do AVG como “Nagoya” e posteriormente pelos aliados de “Ann” (as designações dos aviões japoneses em tempo de guerra, eram complicadas ou desconhecidas, o que acabou gerando a situação de se criar um codificação para a identificação entre os aliados, bombardeiros tinham nomes femininos e caças masculinos), foi o primeiro avião japonês moderno de fato com motor radial de dupla estrela, hélice de passo variável, bomb bay interno e rádio. Muito provavelmente o Ann foi inspirado no Northrop Gamma 2E, um monoplano de ataque de fabricação norte-americana em uso pela força aérea dos chineses nacionalistas. Em termos de tamanho o Ki-30 era muito similar ao Fairey Battle britânico, porém como esse tornou-se rapidamente obsoleto durante a II guerra mundial, sendo relegado a treinamento e posteriormente a ataques Kamikazes…

Aspectos da montagem…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Modelo finalizado.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)

Com o caça Kawazaki Ki-10 na mesma escala…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Updates: Supermarine S6B na escala 1/100

Entre a montagem dos meus PBM’s, terminei esse clássico da aviação: O Supermarine S6B, hidroavião de corrida com a qual a RAF venceu a última competição do Troféu Schneider em 1931, uma corrida de velocidade para hidro-aviões realizada em um circuito fechado triangular de 250 e depois de 1922 350 km. Esta corrida foi popular no periodo entre-guerras e era realizada em Mônaco e nos EUA, começou em 1913 parou por causa da grande guerra de 1914, e voltou logo após o conflito com a alternância de vencedores entre americanos, italianos e ingleses. A Supermarine após vencer a corrida três vezes seguidas a partir de 1929 garantiu a posse do troféu definitivamente para os ingleses.

1457525_4985454212510_2017507055_n 1468517_4985453492492_652523258_n 1450764_4985453652496_1539298899_n
Isso deveu-se graças aos refinados e pequenos hidroaviões S5 e S6, desenhados por Reginald Mitchell, o pai do Spitfire, famoso caça inglês da II guerra mundial e por Sir Henry Royce, com o seu incrível motor R.

Existe uma crença generalizada que Mitchell baseou o desenho do Spitfire em cima do S6B, isso não é verdade, Mitchell por causa dos tentos na Copa Schneider e por seu prestigio na construção de hidro-aviões e aerobotes, viajou a alemanha em 1936 à convite de Goering e Ernest Udet para conhecer a industria alemã de aviação, sendo ele um projetista de renome no cenário da aviação mundial da época. Vendo bem claramente o que era o Nazismo e com a saúde já abalada pela tuberculose, assim que voltou para a Inglaterra, pôs se a projetar o Spitfire, ele particularmente tinha ficado impressionado com dois modelos comerciais alemães que estavam em testes o Focke Wulf Fw-200 Condor e o Dornier Do-19, ele viu claramente protótipos de bombardeiros estratégicos nestes aviões de carreira, que eventualmente iriam atacar a sua pátria. Assim doente e impressionado, sem inicialmente, uma especificação oficial do Ministério do Ar inglês ele criou um dos caças míticos de todos os tempos O Supermarine Spitifire. E o S6B? Bem o motor Rolls Royce “R” em V de 12 cilindros com turbo-compressor que gerou o recorde mundial de velocidade de 407.5 m.p.h, especialmente feito para a corrida de 1929 é que dá origem ao famoso motor Merlin da Rolls Royce, a alma do Spitfire e de mais duas lendas da aviação: O NAA P-51 e o Hawker Hurricane. Viram quanta história um modelinho pode contar? Hoje tanto o troféu Schneider, quanto o S6B e o Motor R são peças permanentes em exposição no RAF Museum em Hendon.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Do Grande ao bem Pequeno: Ryan Navion na escala 1/100

Do gigante ao pequeno em um tapa. As mais recentes adições a minha coleção 1/100, são dois exemplares do Ryan L-17 Navion, um pequeno avião privado de 4 lugares, projetado pela North American Aviation (a mesma fabrica que fez o famoso P-51 da II guerra) porém produzido pela Ryan no pós guerra. O Navion tinha um excelente desempenho, sendo uma curiosa mistura de automóvel dos anos 40 com a asa e a cauda de um Mustang. Muitos artistas de Hollywood como Veronica Lake foram proprietários de Navions, que tiveram aplicações militares também com a designação L-17. Apresento dois modelos: um uma maquina de ligação da US Navy e a outra um avião particular nas cores “warbird” do US Army. Modelos da Oddball Productions.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Outro Janjão (Estou ficando sem espaço!) Preagnant Guppy na escala 1/100

Mais um modelo Oddball estou mostrando para vocês, e uma grande adição para a minha coleção 1/100 em todos os sentidos.

Desta vez o assunto, ainda é um dos desenvolvimentos da família do Boeing C-97/377, trata-se do Preagnant Guppy, desenvolvido no início da década de 60, especialmente para transportar partes de foguetes de uma costa a outra nos EUA, economizando tempo e custo de transporte para a NASA. A conversão foi imaginada pelo ex-USAF piloto John M. Conroy. A NASA comprou a idéia e Conroy fundou a empresa Aero Spacelines, para transportar os componentes do foguete Titan II que servia ao programa Gemini. Após 1965 outros Boeing 377 e C-97 foram convertidos em um avião com compartimento ainda mais largo para transportar os componentes do Saturno V, surgindo o Super Guppy. O assunto do modelo é o primeiro Guppy convertido que é menor que o mais tradicionais modelos posteriores. Esse avião operou de 1963 até 1969 carregando componentes do Titan II, de Maryland até o Cabo Canaveral.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

:mrgreen:

Uma avis rara: Seversky SEV-3M WW na 1/100

O Seversky SEV-3M WW hidroavião de patrulha para rios da Força Aérea Colombiana na década de 30, que teve cinco ou seis exemplares desse avião, um dos antepassados do famoso P-47 Thunderbolt da II guerra mundial. O SEV3 em diferentes variantes é o antepassado do P-35/P-43 Este modelo é um kitbashing a partir do BT-8 do Der Kampfflieger usando peças de outros modelos da Fiddlers Green, basicamente flutuadores do Lockheed Sirius, e canopy do Grumman Duck.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Uma aeronave incomun para a minha coleção 1/100: Diamond DA-40 Diamond Star

O Diamond DA-40 Diamond Star é um avião leve para quatro lugares avançado tecnologicamente, com possibilidade de ter uma suíte eletronica sofisticada , e fabricado com materiais compostos de alta tecnologia. Desde a sua certificação em 1998 o DA-40 tem a fama de ser uma das mais estáveis aeronaves privadas já fabricadas, com um índice de acidentes extremamente baixo. É um modelo incomum para a minha coleção 1/100, mas ficou muito simpático considerando o pequeno tamanho. Modelo da Oddball Productions, em breve estará disponível para aquisição.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

:mrgreen:

Boeing KC-97G Uma Impressionante Adição a minha Coleção 1/100

Bem amigos. Tenho andado queito por conta ainda da campanha dos Bancários que tem me deixado com os nervos a flor da pele literalmente, com a greve no Banrisul que está em 34 dias já. Mas a ausência aqui nao significa falta de trabalho. :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: Novamente apresento um jão jão: O Boeing KC-97 Stratotanker é um dos mais impressionantes aviões com motor à pistão desenvolvido durante a Guerra Fria. Começou como um derivado do bombardeiro B-29, projetado originalmente para o mercado civil, não teve o êxito esperado como avião de carreira e de carga, sendo logo suplantado por tipos com motor a reação. Porém na versão hibrida tanque/carga O KC-97 deu a USAF uma capacidade de reação global a sua força estratégica, sendo responsável por muitos anos pelo reabastecimento em vôo dos bombardeiros do SAC B-47 e B-52, posteriormente muitos foram convertidos em aeronaves Guppy e Super Guppy para o transporte de cargas super volumosas, um dos assuntos que devo começar a montar na 1/100 em breve.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

O modelo é para variar um teste para a Oddball acredito que dentro de um mês ou mais esteja disponível para venda na Fiddlers Green.

Mizuno Shenryu Type 2 na Escala 1/100

Bem amigos!

O amigo Alcides me dá novamente a honra e a oportunidade de testar um dos seus modelos, e desta vez ele me enviou um assunto extremamente interessante, trata-se do interceptador foguete Mizuno Shenryu Type 2.
Normalmente se fala muito sobre os protótipos e aviões conceitos, desenhados pelos alemães e que poderiam estar em operação em um cenário hipotético de continuação da II guerra mundial. Porém pouco fala-se sobre protótipos e conceitos desenvolvidos por japoneses e italianos. O Shenryu é exatamente um exemplo disso.

Imagem

Este planador propulsionado por foguetes é uma extrapolação avançada do conceito do interceptador Me-163 e do missil suicida MXY-7 Okha, poderia ser utilizado tanto para interceptar as formações de B-29 quanto ser equipado por uma potente warhead para ataques contra navios e grandes concentrações de tropas. Ao contrário do Me-163 poderia ser rebocado por um G4M ou um P1Y ou lançado de rampas, sem a recuperação posterior da aeronave.

Imagem

O Shenryu nunca saiu dos esboços iniciais de desenho, porém chama a atenção algumas caracteristicas avançadas como o uso de canards e o uso de asas enflechadas.

Imagem

Talvez se a guerra no pacífico tivesse durado mais algum tempo, de meses a um ano esse projeto teria avançado para a materialidade, mas qualquer especulação a respeito hoje seria fantasiosa.

O modelo é de montagem simples porém muito bem resolvida, com grande precisão nos encaixes, todos os detalhes externos da aeronave estão capturados fielmente no modelo. No momento construí a fuselagem sem dificuldades.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Lembrando que esse modelo em breve estará disponível para venda na Ecardmodels.