Yakovlev Yak-25 “Flashlight” – Um Ilustre Desconhecido Soviético

Bem amigos, nesta reportagem apresento o  Yakovlev Yak-25 “Flashlight” Um esotérico interceptador dos anos 50 produzido na antiga URSS . Esse projeto, para mim foi um desafio: pois representa a primeira tentativa bem sucedida de extrair um avião de um game e o transformar em um modelo de papel. Me enche de orgulho mostrar para vocês esse humilde trabalho,  que me  deu muita alegria executar além de oferecer a  possibilidade de ter um avião único para a minha coleção 1/100…

O Avião

Um dos ultimos caças "single seat" Yakovlev, o Yak-23, surgiu tarde demais para operar como caça de linha de frente. Este exemplar está nas cores da Polícia Aérea Tcheca, com matrícula civil da República Tcheco-Eslovaca.

O OKB Yakovlev acumulou fama e prestígio na União Soviética graças aos seus famosos caças à pistão, todos utizando plantas motrizes derivadas do famoso motor Hispano-Suiza 12Y. Durante a II Guerra Mundial, a família Yak-1 / 9  foi uma das responsáveis por liquidar com a supremacia da Luftwaffe alemã no fronte oriental.

O Yak-25 foi o primeiro interceptador especializado da URSS, era um projeto de alta qualidade, que ficou em serviço por muitos anos...

Porém depois da guerra o OKB não consegiu colocar caças de grande desempenho em operação na URSS, os modelos da familia Yak-15/17 eram máquinas de primeira geração e o Yak-23 quando entrou em produção já estava obsoleto, com o advento dos caças militares com asas enflechadas, notadamente a família MiG-15/17 e a sua contra-parte norte americana: o N.A. F-86 Sabre

No entanto, um modelo Yakovlev  desta época, que passa desapercebido da maioria dos entusiastas pela história da aviação militar e dos modelistas, é um dos mais incríveis aviões produzidos na URSS no início dos anos 50: falo da família de caças pesados, reconhecedores e plataformas EW Yakovlev Yak-25/27 (“Flaslight” / “Mandrake” na codificação da OTAN).

Yak-25 preservado em Monino no museu da Força Aérea Russa, note o esquema "late" em cinza...

A história do “Flashlight” começa no final dos anos 40, a crise da Ponte Aérea de Berlim em 1948, a criação da OTAN e a perspectiva de uma nova guerra de proporções globais através de dois blocos mundiais polarizados, forçaram os estrategistas da URSS a buscarem soluções para proteger o seu vasto território ocidental e sul que atritava diretamente com o ocidente.

Misseis cruise e balísticos armados com ogivas termo-nucleares, ainda eram sonhos, a maior ameaça, ainda vinha da guerra aérea convencional, através dos bombardeiros estratégicos dos EUA e seus aliados, com a possibilidade de bombardeiro de queda-livre convencional ou termo-nuclear (como havia sido feito em Hiroshima e Nagazaki ao final da II Guerra Mundial).

Outro exemplar da família Yak-25/27 preservado em Monino, trata-se do reconhecedor de asas retas YAK-25RV, esse avião construido mediante conversão, era bem semelhante me termos de propósito ao Martin RB-57

O Yak-25 foi concebido inicialmente para fazer frente a esse tipo de ameaça, equipado com um par de dois poderosos canhões NL-37 de 37 mm e posteriormente com mísseis ar-ar AA-1 (codinominados pela OTAN de “Alkali”), complementando esse armamento o Yak-25 era equipado com um grande radar de varredura de segunda geração RP-6 “Sokol” (codinominado pela OTAN como “High Fix”).

Com esse arranjo o Yak-25 foi projetado como um interceptador biplace (piloto e operador de radar), o objetivo era conseguir uma aeronave que fosse rápida, operasse em grandes altitudes com extensa autonomia. Suas asas tinham um enflechamento agudo, e eram finas. O trem de pouso era localizado na fuselagem em um arranjo “bicycle” como no N.A.  B-47 norte-americano e no SNACASE Vantour francês, com o objetivo da célula da fuselagem carregar o máximo de combustível possível. Como o Vantour (que era de forma e  dimensionalmente muito semelhante) o Flashlight era um bimotor equipado com dois tubojatos centrífugos AM-5.

Foto retocada dos anos 50 mostrando detalhes do trem de pouso do "Flashlight", notem as carenagens dos canhões NL 37...

O novo interceptador entrou em serviço em 1955 na Войска ПВО, Voyska PVO – Força de Defesa Aérea e em 1956 na Военно-воздушные силыVoenno-Vozdushnye Sily (VVS) – Forças Aéreas Militares. Desde o começo foi uma aeronave popular, sua principal versão conhecida na OTAN como “Flashlight A” (Yak-25M) ficou muitos anos no inventário soviético, os pilotos elogiavam o manejo e o desempenho, no entanto o Yak-25 era uma dor de cabeça para mecânicos e pessoal de terra, pois era uma máquina temperamental que exigia pistas de pouso imaculadas, pois um dos problemas crônicos era com os motores que a baixa altura do solo  aspiravam corpos estranhos e literalmente explodiam.

As versões de interceptação do Yak-25 “Flashlight A” – equipados com canhões e “Flashlight B” equipados com misseis e tanques alijáveis ficaram em serviço até 1967, quando da introdução de tipos mais modernos. No entanto o avião teve uma sobrevida, com uma bizarra versão de asas retas conhecida como Yak-25RV (Razvedchick Vysotnyj,  – Reconhecimento de Grande Altitude), esse modelo apesar de equipado com sensores primitivos e com motores inadequados para operar na estratosfera, foi responsável pelo reconhecimento especializado da URSS durante 20 anos. Esse modelo em especial tinha 23,4 M de asas e uma carga alar de 55 m².

Estes modelos conhecidos pela OTAN como “Mandrake” ficaram em operação até 1974. Nos anos 60 e 70 a família Flashlight/Mandrake serviu como drones, bancadas de testes de armamento e sistemas, até ser tirada do serviço ativo no final dos anos 70.


Ficha Técnica:

Tripulação: 2
Comprimento: 15.67 m (51 ft 5 in)
Envergadura: 10.94 m (35 ft 10 in)
Altura: 4.4 m (14 ft 5 in)
Área Alar: 28.94 m² (311.51 ft²)
Peso Vazio: 5,675 kg (12,510 lb)
Peso Carregado: 8,675 kg (19,125 lb)
Peso Máximo para Decolagem: 9,450 kg (29,760 lb)
Motores: 2×
Mikulin AM-5 (RD-5A) Turbojatos, 23 kN (5,000 lbf) cada

Performance:

Velocidade Máxima: 1,090 km/h (680 mph)
Alcance: 2,700 km com tanques externos (1,687 mi)
Teto Máximo de Serviço: 15,200 m (50,000 ft)
Velocidade de Ascenção: 30 m/s (5,960 ft/min)
Carga de Asa: 327 kg/m² (67 lb/ft²)

Armamento

2× 37 mm  canhões Nudelman NL-37 (50 salvas por arma) (Yak-25M)

Perfis:


O modelo:

Este modelo na escala 1/100, foi concebido a partir de uma meshe 3D de um add on do jogo de computador “Wings over Europe”, da Thirdware Productions, um simulador de vôo que simula vários aviões históricos e contempôraneos da era do jato, num conflito fictício da Guerra Fria entre os anos 50 e 80,

Tela mostrando o modelo preparado para desdobrar no software Metasequoia LE

Em geral uso o lod nivel 2 do modelo. Por que? Por que ele tem detalhes intermediários não gerando um kit extremamente complexo. Esse modelo é salvo direto no formato *.mqo (Metasequoia).

No Metasequoia LE, que é um editor 3D simples, o modelo é limpo e editado para ser desdobrado no Pepakura Designer na forma do kit para montar em papel que todos nós conhecemos.

Mas isso não é simples dá um trabalho danado, principalmente pela necessidade de se criar peças de reforço interno, descartar outras complicadas e pequenas demais para serem desdobradas, imaginar a engenharia de montagem. Mas no final compensa, pois no fim tenho um avião inédito para a minha coleção.

Modelo desdobrado no software Pepakura Designer, aguardando a impressão.

Antes de desdobrar e arranjar as peças ainda é necessário aplicar “decais” pois nos modelos da Thirdware quando no jogo o modelo é “montado” com insignias e armamento, então num programa vetorial apliquei os números e as insignias no modelo.

Apesar de ter demorado ai uns seis meses para ser terminado gostei muito dos resultados, me encorajou a fazer mais experimentos nesse sentido…

Fotos:


Até a proxima! :) До следующей встречи! (Do sleduyushchyeĭ vstrechi!)  😉

P.S. Em breve utilizando os mesmos métodos, vai pintar um Yak-25 RV, aguardem santas, aguardem…

Bibliografia Consultada:

Yakovlev Yak-25/26/27/28 Yakovlev’s Tactical Twin Jets Aerofax International

Punhetada na internet (Para saber mais haaan!):

http://en.wikipedia.org/wiki/Yak-25

http://www.airwar.ru/enc/fighter/yak25.html

http://www.thirdwire.com/project_woe.htm


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>