Retrospectiva Modelista 2012

Como é tradicional de anos anteriores, cá estamos nós com a nossa retrospectiva modelista de 2012. Este ano foi um ano bastante interessante, pois apesar de a quantidade de modelos finalizados, não ter sido expressiva, a qualidade foi um item bastante observado.

Este ano também foi marcado pelo advento de finalmente eu ter dominado de vez o Photoshop e o Corel Draw, além de ter feito uma volta tímida ao plastimodelismo, é um ano também que modifiquei integralmente o lay out da minha bancada, isso me tirou mais ou menos um mês da linha de frente por que além de trocar de quarto, tive que remover o meu armário de modelos. Graças a uma boa idéia da minha mãe eu o coloquei na sala onde virou uma peça de decoração muito interessante.

Minha nova bancada, pequena, mas plenamente funcional. Finalizada em abril.

Minha nova bancada, pequena, mas plenamente funcional. Finalizada em abril.

Meu armaário de modelos ganhou uma boa revitalizada, graças a idéia da minha mãe de coloca-lo no chão e na sala. Chama a atenção das visitas.

Meu armaário de modelos ganhou uma boa revitalizada, graças a idéia da minha mãe de coloca-lo no chão e na sala. Chama a atenção das visitas.

Mas vamos ao que interessa? Com voces então a nossa retrospectiva de 2012:

Janeiro:

Começamos em grande estilo com o Boeing Model 256 nas cores da AN-MB. O 256 é a versão de exportação do famoso Boeing F4B usado pela nossa aviação naval durante a década de 1930. Modelo do excelente Der Kampfflieger, feito para um GB de quando eu ainda participava do Panzermodel Fórum.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Fevereiro

Em fevereiro apenas um modelo pronto, o mês foi curto, férias, carnaval, mas ainda assim consegui terminar um modelo que achei muito interessante. O Grumman Windgeon, um pequeno aerobote, em cores civis no pós-guerra, mas que foi muito utilizado também por operadores militares. O modelo foi um beta teste para o amigo Aaron Murphy.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Março:

Em março tivemos dois modelos finalizados: O Bristol Type 153, um protótipo de caça inglês que não saiu do papel, espantosamente parecido com o Grumman Skyrocket modelo que me foi enviado para testar pelo Roman Vasyliev e o Super Frelon, outro teste enviado pelo amigo Aaron Murphy. No caso do Super Frelon eu repintei totalmente o modelo para ficar adequado às cores da Aeronavale, Aaron gostou e manteve o esquema de pintura que fiz no modelo final. O Super Frelon foi o meu primeiro helicoptero adicionado a minha coleção 1/100. Neste mês que eu estava embalado, também fiz o North American FJ-1 Fury, da Fiddlers Green, um modelo simples que saiu bem rápido. O Mês foi fechado com a construção de um avião muito interessante da Guerra Fria: O bombardeiro estratégico naval North American AJ-2 Savage. Tudo por que o site Papermdolers e a Loja Ecardmodels inciaram uma maratona de montagem dos modelos da OddBall, e eu não resisti.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

 Abril:

Abril foi um Mês de pouca produção por que fiquei em função da transferencia do meu quarto, feitura da nova bancada, mas saiu alguma coisa. E aliás, que coisa! Trata-se do Martin P4M Mercator, um das mais misteriosas aeronaves navais já produzidas nos EUA, utilizada para operaçoes secretas de guerra eletrônica pela Marinha dos EUA nos anos 50, sendo que alguns foram derrubados pelos soviéticos e outras nações da então cortina de ferro. O modelo foi outro teste para o amigo Aaron Murphy.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Maio:

Em maio foram feitos dois modelos, ambos do Der kampfflieger: O primeiro foi um teste e trata-se do Kaiser Fleetwing XBTK-1 um feioso protótipo da II Guerra Mundial, que era um dos competidores de uma concorrência da Marinha que levaria ao desenvolvimento do famoso Douglas Skyraider. O segundo trata-se de um avião relativamente obscuro da II Guerra Mundial, mas muito legal, o Vultee Vengeance, a versão norte-americana do “Stuka”, muita gente acha esse um dos meus melhores modelos. Não sei, é você o que acha?

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Junho:

Nem só  de aviçaõ vive o homen! Para dar uma variada finalizei ummodelo que tinha ripado das meshes do Starfleet Command o USS Hautington , uma nave tanque de deutério. Uma tímida adição para  a minha coleção 1/1700 da série Jornada nas Estrelas. Em junho finalizei também o Dornier Do-18, esse modelo da firma Modelcard, é bastante antigo, o repintei inteirinho no Photoshop, corrigindo as cores. O original é na escala 1/33, mas como sempre reduzi para a escala 1/100.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Julho:

Em julho, fiz apenas um modelo, o SAAB Drakken, do grande site Stalhart, modelo que é de tirar o fôlego. Além de bah o avião ser demais não acham?

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Agosto:

Em agosto a embalada foi melhor, saíram alguns modelos muito legais. O primeiro deles é um scratch multimédia (papel, epoxy, biscuit, plástico, metal) na escala 1/144 da nave do jogador no clássico game do MSX 2 Space Manbow. No papel modelismo tivemos a montagem de dois aviões americanos clássicos do período do entre-guerras: O Boeing F3B-1 e o Curtiss Condor. O primeiro um teste para o incansável amigo Roman Vasyliev e o segundo uma montagem minha de um dos interessantes modelos do extenso catálogo da Oddball, o Curtiss Condor, nas cores de uma das aeronaves do Almirante Byrd, que foi utilizada na exploração da Antartica, antes da II Guerra Mundial.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Setembro:

Em setembro no mês do meu aniversário, conclui duas preciosidades para  a minha coleção: Uma delas é o Nieuport 21E1 nas cores da Aviação Militar do Exército Brasileiro. Esse modelo é uma combinação do meu repaint feito em cima do Nieuport 23 do Marek Pacynski com a utilização do motor e do cownling do Nieuport 11C1 do kit do Der Kampfflieger, os resultados ficaram muito bons. O segundo modelo trata-se do Martin RB-57, a versão extensamente modificada da versão de produção do Camberra nos EUA com asas alongadas e motores tubo-fan. Esse (literalmente) grande kit é outra joia do catálogo da Oddball.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outubro:

Em outubro fiz três kits: O primeiro foi o Horten Ho-229 da Fiddlers Green, uma singela homenagem ao memorial de Chip Fyn, este modelo teve a montagem demonstrada aqui no blog, apesar de ter poucas peças, não é um modelo simples de montar. O segundo kit é um clássico (chega de montar só esoterisse!!) é o grande concorrente do MiG-15 na Guerra da Coréia e um dos maires aviões de combate de todos os tempos: O North American F-86E Sabre. Outro grande modelo do Roman, magnificamente pintado nas cores do “El Diablo” por Asaf Nitsan. O terceiro kit foi um dos grandes modelos de FabricioPrudenziatti, o FIAT CR-42, com uma pintura incomun nas cores da Aeronautique Militaire Belge ao irromper a II Guerra Mundial.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Novembro:

Em novembro foram finalizados três modelos (na verdade dois se formos considerar que um caso fiz o mesmo com duas versões de decoração) O primeiro foi feito para o catálogo do amigo Roman Vasyliev, e é o Cierva C-30, um popular auto-gyro do periodo entre-guerras. Apesar deste ser um kit antigo do Roman, ele deu um revamp nele com novas versões de pintura. Os outros dois são versões de um relativamente desconhecido, porém muito bonito avião de treinamento avançado norte-americano, o Curtiss CW-25 (AT-9) Jeep. Um teste para o amigo Aaron Murphy que andou alguns meses sem produzir nada de novo, mas que no final do ano estava com carga total.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Dezembro:

Em dezembro por conta da correria natural de fim de ano, festas, ondas de calor e etc. A produção foi tímida, porém significativa. Terminei o Convair XC-99, o maior avião a pistão terrestre já construído. Esse modelo aumentado para  a 1/100 me trouxe um problema: Não cabe no meu armário de modelos! Coisas de Aaron que me pediu para testar, o pior é que se fizesse o kit na sua escala original ia me danar ainda pois ela é 1/121. O jeito foi ensacar o coitado e esperar dias melhores que possa ter um novo armário de modelos. O segundo modelo, é coisa minha. O desenvolvimento começou em novembro de 2011 e foi amplamente documentado no fórum do Clube do Canhão, trata-se do scratchbuilding do Mitsubishi B2M1 que foi finalmente concluso agora no mês passado. Esse modelo será posto a venda em breve assim que eu arrumar algumas coisas e o mais importante: fazer instruções para montar ;).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Bem amigos! Por aqui fica essa retrospectiva. Desejo um feliz ano novo para todos! E que 2013 eu tenha o dobro de modelos para mostrar na retrospectiva do ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>