Os Meus 100 Modelos 1/100 – Dia 9 – Nieuport 21E-1 (15 metros)

Os Modelos da Minha Coleção – Dia 9 –

Nieuport 21E1

O Nieuport 21 foi um dos muitos representantes da família Nie 17/27, esta subvariante foi desenhada por Gustave Delage em 1916, tinha basicamente a mesma estrutura do Nieuport 17, porém era equipado com um motor Clerget 9C menos potente e um cownling semi aberto semelhante ao do Nieuport 11/16. O Nie 21 foi desenhado basicamente como uma variante de treinamento avançado de caça, porém a premência por caças durante o ano de 1917 acabou por colocar essa subvariante na linha de frente. A Russia Imperial produziu esse modelo sob licença (porém com um motor Le Rohne de 110hp) bem mais potente através da fabrica DUX e usou até o fim do Czarismo, alguns exemplares foram usados depois na guerra civil russa e na guerra Soviético-Polonesa de 1920, os Americanos também compraram grandes quantidades do modelo que usaram na França para treinar os seus pilotos. Após a guerra foi uma aeronave muito utilizada para treinamento avançado e como aeronave civil privada. Uma das primeiras coisas que a Missão Militar Francesa apontou no seu relatório premilinar ao Ministério da Guerra em 1919 quando se instalou era a necessidade de organizar-se o poderio militar do exército, a marinha já tinha começado a se equipar com aeronaves desde 1916 e o exécito após os malogros com o uso do avião para fins militares na campanha do Contestado em 1913, não quisera saber muito dessa nova arma de guerra, até que a maré da I Guerra tornou claro que o avião era uma das armas do futuro invariavelmente. Os franceses, trouxeram entre diversos equipamentos, um lote de 20 aeronaves Nie21E1 para instrução, pois os tipos iniciais de combate da Av Militar eram o SPAD 7 e os Breguet XIV. Todas ficaram baseadas no Campo dos Afonsos na Escola de Aviação Militar. Por ocasião da eclosão da revolução de 1924 em São Paulo, todos os aparelhos foram deslocados para Mogi das Cruzes para combater os revoltosos. Lá foram adicionadas metralhadoras Vickers e um rudimentar porta bombas. Participaram os seguintes pilotos: Capitão Alzir Mendes Rodrigues Lima, 1º Tenentes Bento Ribeiro Carneiro Monteiro, Cícero Odilon Mafra Magalhães e Abelardo Servílio de Mesquita, 2º Tenentes Sylvio Canizares da Veiga, 1º Sargentos Luiz Aurélio de Godoy e Vasconcellos, Thomaz Menna Barreto Monclaro e Adalberto Coelho da Silva, 2º Sargento Manoel Antonio Machado, 3º Sargento Synval de Castro e Silva Filho; entre os observadores estavam o Capitão Amílcar Sérgio Velloso Pederneiras, 1º Tenente Vasco Alves Secco e 2º Tenente Aluno Altivo dos Santos Halfeld. Foram cumpridas 21 missões de observação, bombardeio e de ligação no período de 19 a 28 de julho. Sendo realizadas durante esse conflito 21 sortidas de ataque, reconhecimento, ligação e bombardeiro. Conhecido na Av. Militar como “Nieuport 15 Metros” por causa da área alar, após a revolução os Nie 21 ficaram em serviço até 1930. Uma réplica desse avião com componentes originais compõem o acervo do Museu Aeroespacial(MUSAL).

Os Meus 100 Modelos 1/100 – Dia 8 – Caproni Ca 3

Os Modelos da Minha Coleção – Dia 8 –

Caproni Ca 3

Esse bombardeiro estratégico, desenvolvido em sucessivas séries pelos italianos, é considerado um dos mais exitosos bombardeiros aliados. A força aérea italiana os usou no teatro de operações dos Alpes contra objetivos do Império Austro-Húngaro, em missões extremamente difíceis, num teatro de operações perigosamente inóspito no que tange ao clima, considerando a fragilidade desses aparelhos. A Itália os usou também no pós guerra, nas suas primeiras incursões contra a África na década de 1920. Alguns modelos aperfeiçoados como o Ca 4 e 5 foram exportados para os EUA e para a França…

Os Meus 100 Modelos 1/100 – Dia 6 – (Atrasado 1 dia) Boeing F3B-1

Desculpem amigos, esse deveria ser o modelo postado no domingo, mas como foi um ótimo fim de semana de sol, acabei ficando longe do PC então hoje vamos ter postagem acavaladas.

Os Modelos da Minha Coleção – Dia 6-

Boeing F3B-1

O Boeing F3B e um caça embarcado dos anos 20. É o antecessor na Marinha Americana do famoso F4B/P-12, foi o primeiro caça norte americano de produção com estrutura inteiramente em alumínio, foi usado por pouco tempo na função de caça, sendo utilizado a partir de 1932 na função de bombardeiro de mergulho e posteriormente treinamento avançado. Os ultimos foram retirados do serviço ativo da Marinha Americana em 1937.

 

Dôssie Nieuport 21E1 “15 Metros” – Aviação Militar do Exército Brasileiro

Bem amigos e amigas, publiquei ontem e hoje um dôssie sobre a minha última montagem aqui no Blog, trata-se do Nieuport 21E1 da Aviação Militar do Exército , temos publicado galerias e artigos sobre o modelo, um dos que mais gostei de montar neste ano.

Galeria build in:

http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?p=2337

Galeria do modelo finalizado:

http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?p=2444

Artigo mostrando a história do modelo e seu uso na Aviação Militar:

http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?page_id=2472

Artigo mostrando a montagem passo a passo:

http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?page_id=2462

Lembrando que o passo a passo também foi publicado em vários foruns que participo como aqui no Clube do Canhão e no Papermodelers.com

http://www.clubedocanhao.com.br/forum3/viewtopic.php?f=49&t=3848

http://forum.plastibrasil.org/viewtopic.php?f=106&t=1140

http://www.papermodelers.com/forum/aviation/21090-nieuport-21e1-av-militar-marek-pericles-rare-rapaints.html

O modelo base é um repaint meu, feito em 2009:

http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?page_id=1157

Ele pode ser adquirido na ecardmodels: http://ecardmodels.com/nieuport-brazilian-p-1036.html

Lembrando que para fazer um Nie 21 correto é necessário adquirir o kit do Nieuport 11 do editor Der Kampfflieger http://ecardmodels.com/macchi-nieuport-11c1-italian-paper-model-p-2537.html

Uma boa leitura até a próxima!

Galeria do Nieuport 21E1

Bem amigos e amigas, segue a galeria do famoso Nieuport 21E1 da nossa aviação militar, conhecido também como Nieuport 15 metros, por causa de sua área alar… 😉

Novidades dos anos 30: Boeing F3B e Curtiss Wright CT-32 Condor

Amigos e amigas.

Como voces viram nos post anteriores dei uma atualizada com as minhas últimas adiçoes a coleção 1/100: duas aeronaves norte americanas da década de 1930, neste post vamos falar um pouquinho sobre elas, começando pelo Curtiss Condor.

Zoom in (real dimensions: 720 x 334)Imagem

O Curtiss Condor surgiu no início dos anos 30 como uma aeronave comercial de construção mista, sendo um híbrido com tecnologia moderna (hélices de passo variável, trem de pouso elétrico retrátil) porém revestido de tela e com o layout biplano.

Zoom in (real dimensions: 543 x 799)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 611)Imagem

O Condor foi operado pela American Airliners, sendo um dos primeiros aviões comerciais com acomodação para dormitório. A China, Suiça, Colombia, Inglaterra, usaram esse avião para este fim.

Zoom in (real dimensions: 720 x 492)Imagem

Imagem

Com o surgimento do DC-2/DC-3 e do Boeing 247 o Condor ficou em desvantagem no mercado, assim a Curttis reprojetou a aeronave surgindo o CT-32, a primeira aeronave em todo o mundo desenhada para operar exclusivamente com cargas.

Zoom in (real dimensions: 799 x 517)Imagem

Existiram versões militares do CT-32, conhecidas com AT-32 e BT-32, operadas em pequenas quantidades pela Argentina, Colombia, USA, China e Peru.

Imagem

O assunto do nosso modelo é o Curtiss Condor operado pelo Almirante Byrd na sua expedição a Antártica em 1938, esse Condor foi especialmente modificado para a expedição, tendo mais um depósito extra de combustível e a possibilidade de operar com trem de pouso de rodas ou flutuadores alternadamente.

Zoom in (real dimensions: 650 x 492)Imagem

Imagem

Zoom in (real dimensions: 614 x 480)Imagem

O modelo foi desenhado por Aaron Murphy e pode ser adquirido aqui: http://ecardmodels.com/32condor-byrd-an … -2403.html

Lembrando que as galerias deste modelo estão aqui:

Galeria Modelo Finalizado: http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?p=2133

Galeria Modelo Build In: http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?p=2150

Já o nosso segundo modelo, montado previamente foi o Boeing F3B, um caça naval norte-americano, relativamente desconhecido, antecessor da famosa familia F4B/P-12. O F3B-1 teve uma vida operacional curta, servindo do final da década de 20 até a metade da década de 30 nos porta-aviões norte americanos. Sua estrutura resistente, e uso de alumínio corrugado nas asas e na cauda, tornaram o tipo adequado para o uso como caça bombardeiro, função na qual foi utilizado no final de sua vida operacional. O F3B foi substituido no meio dos anos 30 pelo Boeing F4B.

É um simpático avião e para mim foi uma grande adição a minha coleção US Navy.

As galerias com o modelo finalizado podem ser apreciadas aqui:

Em português:

http://www.clubedocanhao.com.br/forum3/viewtopic.php?f=49&t=3823

Tópico de Montagem:

Em inglês:

http://www.papermodelers.com/forum/aviation/20808-boeing-f3b-1-100-scale-der-kampfflieger.html

Além dessas duas montagens, temos a novidade das galerias build in. Como não tenho tido tempo (e nem saco) de criar novos artigos (embora esteja com a cachola fervilhando de novas idéias para escrever), resolvi postar as fotos dos PaP (Passo à Passo) das montagens que posto em diversos foruns tanto aqui no Brasil como no exterior. Por enquanto apenas o CT-32 e o F3B tem essas galerias, mas a tendência é elas se tornarem frequentes, tanto que criei uma nova categoria de postagem, para o pessoal as localizar especificamente.

Até a próxima postagem…

 

Galeria Build In: Boeing F3B 1/100

Inaugurando a nova modalidade de post, vamos a galeria de montagem do Boeing F3B, lembrando que a montagem na íntegra, com comentários pode ser acompanhada no fórum papermodelers.com.

Boeing F3B na escala 1/100

Bem amigos e amigas, estamos de volta  com mais um modelo finalizado, dessa vez é o clássico e colorido caça naval dos anos 20 e início dos 3, antecessor da famosa família do F4B/P-12, o Boeing F3B. Esse modelo originalmente na escala 1/48, foi me enviado para testar pelo amigo Roman Vasyliev (Der Kampfflieger) e acredito estar em venda em breve na Ecardmodels  em duas escalas (1/72 e 1/48) e no formato multi-livery. No site papermodelers.com voces acompanham a montagem completa

Boeing F3B

 

Mais uma matéria: A História do Santa Cruz.

Continuando a postar sobre o Fairey III, na seção correspondente Máquinas-História-Modelismo, temos um artigo sobre a grande aventura de Sacadura Cabral e Gago Coutinho: a travessia do Atlântico Sul com escalas  em 1922 com três aviões Fairey IIID, a matéria é um preâmbulo histórico do PaP que fiz no Panzermodel, Fórum do Clube do Canhão e Papermodelers.com, a matéria pode ser visualizada aqui .

Boa leitura amigos!!!