Retrospectiva Modelista 2014

Bem amigos e amigas, mais um ano que se vai e mais uma vez é tempo de nossa Retrospectiva modelista, que esse ano teve recorde de montagens!

Para acessar a página clique AQUI.

Ou então vá na aba no Taller que é sem erro.

Um feliz 2015!

Um Clássico em Papel – Vought F4U-1a Corsair 1/100 – Thaipaperwork

98025

O Vought F4U Corsair dispensa apresentações! É um dos mais míticos aviões de combate já produzidos na história da aviação naval, sendo o avião de combate à pistão que mais tempo ficou em produção nos EUA. A história do F4U começa no início dos anos 40, quando a Vought Aircraft procurou criar o mais potente avião de caça embarcado já produzido até então, com um potente motor Pratt & Whitney R2800 de 2000 Hp. O Corsair girava uma hélice Hamilton Standart de mais de 2M de diametro, a maior já utilizada em um caça monoposto até aquela época, por conta disso, os engenheiros da Vought criaram o layout de asa de gaivota caracteristico para manter o trem de pouso curto e ao mesmo tempo poder operar a gigantesca hélice, além de dar maior robustez ao avião. Na Marinha dos EUA muita gente achava que o F4U não poderia operar em porta-aviões, os Britânicos deram provas ao contrário que o Corsair era excelente e podia atuar mesmo em CAM’s e pequenos Porta-Aviões de escolta. Inicialmente a Marinha dos EUA usou este incrível caça contra os aviação japonesa em campos de terra no pacífico. Porém após 1942 com a introdução da Classe Essex os Corsair foram elemento permanente nas esquadrilhas baseadas em porta aviões atuando como caças-bombardeiro. Ficou longos anos em uso após a II Guerra, tendo destaque na Guerra da Coréia , na intervenção franco-britânica no Suez em 1956 e na infame Guerra do Futebol entre Honduras e El Salvador, onde ambos os paises em plenos 60’s ainda usavam Corsair e os empregaram no conflito. Meu modelo representa um F4U-1A um dos mais famosos que pertenceu ao ás do USMC o Major Greg Boyington comandante da VMF-214 em ação nas Ilhas Salomão contra a Aviação Naval Japonesa em 1943. Excelente modelo gratuito da Thaipaperwork.

Os Meus 100 Modelos 1/100 – Dia 11- North American F-86E-10 Sabre

Os Modelos da Minha Coleção – Dia 11 –

North American F-86E-10 Sabre

O Sabre é talvez um dos mais clássicos aviões a jato militares desenvolvidos após a II Guerra Mundial. O F-86 começou como um derivado do “jet mustang”, uma versão com propulsão a jato do famoso P-51. No entanto o fim da II guerra mundial e a captura por parte dos aliados de copioso material de pesquisa alemão sobre asas enflechadas, encorajou os militares americanos e a NA a desenvolver uma versão do então XP-86 com asas enflechadas, surgindo um dos mais notáveis aviões militares de todos os tempos. O Sabre foi muito utilizado no conflito Coreano, onde a USAF se bateu de frente contra os sovieticos, chineses e norte-coreanos pilotando o MiG-15. O F-86 era o avião favorito de Chuck Yager que teve ampla experiencia de vôo nele. O Sabre no auge de sua carreira equipou mais de 30 forças aéreas e todos os continentes. Os ultimos foram aposentados nas pequenas Forças Aéreas da América Central na segunda metade dos anos 80, 40 anos após o seu primeiro vôo.
O F-86E-10 Liza Gal/El Diablo é um dos componentes do 4ª Ala de Caças da USAF, esta unidade envolvida na Guerra da Coréia teve muitos ases, nos confrontos diretos com os MiG-15. O F-86E-10 BuAer 51-2800 pertencia ao 338th Fighter Group, baseado na base aérea de Kimpo em 1952, tendo sido pilotado por um dos ases da ala. O capitão Chuck Owens. Este militar foi um dos ases da Guerra Coréia, sendo especialista em destruir alvos terrestres e tendo confirmadas apenas duas vitórias sobre as oito estrelas que o avião ostenta na fuselagem que são creditadas a outros pilotos que voaram o F-86E antes de Chuck.

A Galeria de um Clássico: North American F-86E Sabre

Bem amigos mostro mais uma vez o meu último modelo montado, terminado no meio do feriado, trata-se do North American F-86E Sabre. Um caça clássico dos anos 50, conhecido por seus épicos combates contra o MiG-15 na guérra da Coréia. Outro excelente modelo do Der Kampfflieger repitando por ASAF Nitsan.

O F-86E-10 Liza Gal/El Diablo é um dos componentes do 4ª Ala de Caças da USAF, esta unidade envolvida na Guerra da Coréia teve muitos ases, nos confrontos diretos com os MiG-15. O F-86E-10 BuAer 51-2800 pertencia ao 338th Fighter Group, baseado na base aérea de Kimpo em 1952, tendo sido pilotado por um dos ases da ala. O capitão Chuck Owens. Este militar foi um dos ases da Guerra Coréia, sendo especialista em destruir alvos terrestres e tendo confirmadas apenas duas vitórias sobre as oito estrelas que o avião ostenta na fuselagem que são creditadas a outros pilotos que voaram o F-86E antes de Chuck.

Lembrando que esse belo modelo em variadas versões está a venda na Ecardmodels originalmente na escala 1/48.

Até a próxima vez. :)

Mais uma matéria da série Máquinas – Histórias – Modelos

Pessoal

Dando uma reativada no blog, publiquei hoje uma matéria na tarjeta Máquinas – Histórias – Modelos, sobre o clássico soviético MiG-15, um dos meus aviões favoritos, construi em uma maratona cinco modelos ao mesmo tempo, a montagem pode ser vista aqui: Linha Especial de Produção: MiG-15 Mania 1/100 scale O MiG-15 é um grande clássico que não se esgota como assunto de modelagem, espero que curtam as montagens tanto quanto eu curti fazer esse clássico indispensável a qualquer coleção…

O link da matéria também pode ser acessado aqui.

Até a próxima.