Retrospectiva Modelista 2014

Bem amigos e amigas, mais um ano que se vai e mais uma vez é tempo de nossa Retrospectiva modelista, que esse ano teve recorde de montagens!

Para acessar a página clique AQUI.

Ou então vá na aba no Taller que é sem erro.

Um feliz 2015!

Obrigado Mais Uma Vez: POW no Papermodelers

Fico muito faceiro com essas coisas! Mais uma vez um modelo de  montagem minha é um POW (picture of week – fotografia da semana) no grande fórum papermoders.com,  dessa vez foi o Heinkel He-59 da Murph’s Models, obrigado pela escolha!

Captura de tela de 2014-07-21 09:54:15

Adição para a Minha Coleção de Aerobotes e Hidraviões na escala 1/100: Heinkel He-59

Bem amigos, , dessa vez uma avis rara empregada na Batalha da Inglaterra, trata-se do Heinkel He-59, hidroavião de pontões, utilizado pela Luftwaffe para SAR e reconhecimento.

Imagem

O He 59 surgiu de uma especificação de 1933 que a OKL fez a Heinkel para um bombardeiro-torpedeiro bimotor , mas que pudesse também ser utilizado para reconhecimento e patrulha marítima. A resposta surgiu num enorme biplano bimotor de três a quatro lugares que podia ser equipado com rodas e flutuadores. Começou a equipar a então secreta Luftwaffe ainda em 1934, sendo muito utilizado na Guerra Civil Espanhola pelos Nacionalistas, na função de patrulheiro marítimo. A versão com rodas para bombardeiro de queda livre não foi produzida em massa. Porém as versões B-1 e B-2 com flutuadores foram as que tiveram uma maior produção equipando a Luftwaffe até 1944 como aeronaves de treinamento e SAR depois de terem sido declaradas obsoletas.

Zoom in (real dimensions: 736 x 1024)Imagem

Imagem

Zoom in (real dimensions: 707 x 279)Imagem

Até 1941 a Luftwaffe carecia de um hidroavião oceânico, lacuna essa preenchida pelo Dornier 24, assim antes do surgimento desse modelo o He-59 foi utilizado durante a batalha da Grã Bretanha, como aeronave SAR, para resgatar os pilotos abatidos no canal da Mancha, dada a sua grande autonomia e estabilidade de vôo.

Imagem

Como tudo que os alemães faziam (e ainda fazem) eles eram extremamente metódicos e no ocidente na primeira parte da Guerra procuraram seguir a risca as convenções de Genebra (o que não fizeram na União Soviética, mas isso é outra história), pintando os He-59 em branco colocando grandes cruzes vermelhas e matriculas civis. Porém de fato eles eram também utilizados para reconhecimentos, o que fez com o que o Ministério do Ar Inglês os declarassem alvos a despeito das cruzes vermelhas e ao final de 1940 na fase final da Batalha da Inglaterra eles voltaram a usar as cores militares, por que o ardil já não funcionava. Como todos os bombardeiros e aviões de grande porte biplanos o He-59 era lento e vulnerável sendo facilmente abatido.

Imagem

O assunto do meu modelo é He-59D-2 D-ARYX, um dos mais famosos He-59 de resgate na Batalha da Inglaterra, sobrevivendo a um sem número de interceptações (mesmo sendo completamente desarmado) e tendo sido a aeronave que mais resgatou pilotos da Luftwaffe e da RAF (POWs).

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

100 Modelos 1/100 – Dia 19 – FW Ta-183

Os Modelos da Minha Coleção – Dia 19 –

FW Ta-183

Est avião revolucionário em vários aspectos, estava sendo construído, pelos alemães quando a II guerra acabou, deveria ser de uma segunda geração de aeronaves a jato que os alemães utilizariam para enfrentar a RAF e a USAF. Projetado pela equipe de Kurt Tank em 1944 o Ta-183, as vezes também chamado de Hückeinbein era um caça de superioridade aérea dotado de poderoso armamento e equipado com mísseis ar ar com fio. O protótipo incompleto acabou ficando nas mãos dos Russos assim como a matrizaria, já os desenhos técnicos assim como os projetistas ficaram no ocidente, assim apesar do Ta-183 ser um natimorto, ele influenciou uma geração inteira de projetos de aeronaves militares nos anos 50. Digno de nota que o Pulqui II argentino é um descendente direto do Ta-183.

Os Meus 100 Modelos 1/100 – Dia 16 – Horten Ho-229

Os Modelos da Minha Coleção -Dia 16-

Horten Ho-229 Rürflugel.

O Ho-229 foi um dos mais incríveis projetos militares desenvolvidos na Alemanha Nazista durante a II guerra mundial. Esta asa voadora foi concebida na década de 30 originalmente como um planador de pesquisa para testar o conceito de flaperons, torção de asa e ausência de timão de direção. Com as exigências da guerra e a Alemanha perdendo e sendo reduzidas a escombros, nos duros anos de 1944 e 1945. O RLM considerou estudar e aplicar idéias avançadas, as vezes mal testadas, que ou pelo caos instalado com o fim da guerra ou entraves técnicos, não fizeram brotar das fábricas. Tirando o Me-262, o He-162, o Me-163 e o Ba-349, nenhum dos incríveis projetos desenvolvidos por Focke-Wulf, Gotha, Lispich, Messerschimitt e outros tantos saíram da prancheta. O Ho-229 (também designado como Ho IX )é um dos raros casos de protótipo avançado que foi construído e testado neste período como planador e também como caça motorizado, com dois turbojatos Jumo 004. Otimizado para ter um desempenho fora do comum seguindo exigências absurdas de Göering em relação à performance, (no intuito de fazer com que a Luftwaffe recuperasse a supremacia aérea) e tentando usar o mínimo de materiais estratégicos na construção, o Ho-229 V6 foi a versão definitiva e se a guerra tivesse durado mais uns meses com certeza seria posto em produção como Gotha Go-229A-0 (A fábrica de planadores dos irmãos Horten foi absorvida pela empresa Gotha). Além de avançado, o Go/Ho-229 tinha uma característica não prevista pelos Alemães (ou pelo menos se acredita que os engenheiros não tenham previsto), que é uma baixa assinatura de radar. Muito se deve ao perfil de asa voadora e a estrutura de madeira compensada utilizada em 80% da aeronave. Após a guerra os irmãos Horten foram parar na Argentina onde continuaram os seus estudos de asas voadoras e planadores avançados sob o patrocínio de Perón, mas isso é outra história.

 

Os Meus 100 Modelos 1/100 – Dia 7- Dornier Do-18D1

Os Modelos da Mnha Coleção – Dia 7 –

Dornier Do-18D1

O Do-18 foi um desenvolvimento do famoso Dornier WAL, usando as mesmas configurações do seu antecessor, com dois motores nacelados na configuração (empurra/puxa), porém com uma fuselagem e casco mais aerodinamico, cockpit fechado e maior desempenho, graças aos motores Junkers Jumo 215D. Inicialmente o primeiro operador do Do-18 foi a Deustch Lufthansa que o utilizou como avião postal transatlâtico, com o rápido rearmamento da Alemanha no final dos anos 30, surgiram versões militares para Patrulha Marítima, sendo que o Do-18 foi o primeiro avião alemão abatido na II Guerra Mundial, (foi atacado e derrubado por um Blackburn Skua da FAA no Atlântico Norte).

Por que a Modelik não me Consultou???

Esses dias estava navegando na loja da GPM , quando me deparo entre os novos lançamentos um revamp do Dornier Do 18, os caras pegaram o mesmo kit da Modelcard (era como a Modelik se chamava antigamente) e “remasterizaram” retocando digitalmente o bichinho.

do18 pieces Do18 Modelik

Poxa Modelik! Era só ter me chamado! Eu fiz isso já há tempos!

http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?p=1951

Deixando as brincadeiras de lado, louvável esse kit ter sido relançado, com certeza é um dos muitos aviões clássicos que faltavam no universo 1/33, apenas achei as cores um tanto claras, por isso fico com o meu repaint.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Galeria Horten Ho-229A-0 Rurflugel – 1/100

Bem amigos nesses dias apresentei na timeline do blog, uma série de posts com a montagem  dos nosso amigo o Horten Ho-229A-0, do editor Fiddlers Green, não preciso dizer o quanto é apelativo esse avião em termos de design, é inacreditável que o modelo tenha sido desenhado em 1938/39. O Rurflugel era um dos caças a jato de segunda geração que iria entrar em serviço na Luftwaffe na segunda metade de 1945, ele além de caracteristicas avançadas de design tinha uma inisutada capacidade stealth, que os alemães sabiam, porém não compreendiam porque, Hoje sabemos que a forma e o extensivo uso de madeira na aeronave era o que possibilitava a absorção do sinal do radar.  O Ho-229 era o favorito de Goering e teve desenvolvimentos de pré-produção como o A-1 com motores embutidos na asa e o B-1 projetado como caça noturno de dois lugares. A tomada da fabrica pelos americanos em abril interrompeu o programa, de modo que nenhum vôou. Espero em breve também montar esses e mostrar aqui no Blog.

Galeria Build In: Horten Ho-229 Fiddlers Green.

Além do diário de montagem aqui vai a galeria de montagem da nossa asinha voadora chucruta aproveitem…

Diario de Montagem – Horten Ho-229 Fiddlers Green – Modelo Finalizado

Finalizado:
Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Algumas comparações de tamanho:

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Uma comparação com outro Luf 46 famoso na mesma escala o Focke Wulf TA-183

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

E orgulhosamente instalado na minha seção Luftwaffe…

Zoom in (real dimensions: 640 x 480)Imagem

Até a próxima! :)