Após um Longo Período de Ausência. Estamos de Volta!

Bom dia amigos e amigas visitantes desse humilde espaço!

Faz tempo que não atualizo o blog, o que não quer dizer que ando parado, muito pelo contrário, é que tenho priorizado o tempo livre para o modelismo propriamente dito. Esse ano está sendo conturbado, e por “N” razões. Então é natural que haja longos períodos sem atualizações. O que não quer dizer que eu vá parar. Então vou tentar na medida do possível dar uma geral do que ando modelando por aqui…

Modelos finalizados desde setembro:

  1. Douglas AD-4 Skyraider (Coreia)
  2. Douglas AD-4 Skyraider (Navy Gray)
  3. Douglas A-1H Skyraider (VNAF)
  4. Mikoyan Gurevich MiG-17F (Força Aérea de Angola)
  5. Curtiss Hawk 75N (Royal Thai Air Force)
  6. Martin T4M-1 with Floats
  7. USS Macron
  8. Lockheed U-2B (CIA)

Modelos em diferentes estágios de montagem ou paralisados:

  1. Consolidated P2Y3
  2. Lioré et Olivier LeO 201
  3. Ford 4AT (Byrd)
  4. Gloster Gladiator Mk II
  5. Gloster Gladiator Mk II (FAP)
  6. Aichi E11A1 Laura
  7. Lockheed U-2B (USAF)
  8. Lockheed U-2B (NASA)
  9. Douglas TBD-1 Devastator
  10. Gradius Gaiden Project
  11. Fokker Dr I (425/17)
  12. Colonial Movers
  13. Short C23

IMG_20141016_235336384 IMG_20141016_085027550

Alguns projetos como SIG especiais que eu já mencionei aqui que estou trabalhando.

  • Um deles é o Projeto de Longa Duração: Coleção Aerobotes, Hidroaviões e Aeronaves de Flutuadores, vocês podem dar uma olhada no desenvolvimento dessa coleção em língua portuguesa no fórum do Clube do Canhão aqui: http://www.clubedocanhao.com.br/forum3/viewtopic.php?f=49&t=4174 Ou então em língua inglesa no fórum Papermodelers aqui: http://www.papermodelers.com/forum/aviation/26542-my-new-project-long-duration-seaplanes-airboat-collection.html
  • Coleção I Guerra Mundial: Essa é uma ideia nova, esse é o ano do centenário do início da I Guerra Mundial (1914-1918) então a ideia é fazer até 2018 uma coleção orientada de aeronaves usadas na grande guerra. Dialoga com o primeiro projeto, sobre os aerobotes e hidroaviões também. Nesse primeiro módulo o conceito é fazer 10 caças, ou como chamavam na época scouts. São esses: Airco DH-2, Fokker EIII, Sopwitch Triplane, Sopwitch Pup, Sopwitch Camel, Fokker Dr I, Albatross DIII, Fokker DVII, Nieuport 17 e Spad VII. Ainda não comecei nenhuma montagem mas o projeto está apontado no Fórum Coladores de Plástico:  http://www.coladoresdeplastico.com.br/forum/viewtopic.php?f=11&t=345 é um fórum novo e jovem, da qual sou moderador da área de outras modalidades. Publiquei apenas lá para dar uma força, mas as montagens da Grande Guerra aparecerão em outros lugares.

Como podem ver a casa tá cheia. Vou tentar nos próximos dias atualizar as montagens finalizadas. Vamos ver o que sai…

IMG_20140909_214926 IMG_20140909_094608084 IMG_20140909_094546079

O Recesso Foi Longo…

O recesso de férias foi longo, mas estamos de volta com os trabalhos dos meses de verão, que curiosamente são em fato sobre o mesmo tema: O Tupolev Zveno, esse magnifico modelo que o meu amigo Aaron Murphy desenhou e que hoje está a venda na Murph’s Models após dois meses de exaustivos trabalhos neste assunto. Os próximos posts subsequentes são sobre este incrível avião único em diversos aspectos e sobre a nossa montagem na escala 1/100.

O Fim da CBOX – É culpa dos Parasitas!!!

Uma pequena e chata modificação aqui no blog. Estou eliminando a CBOX, por dois motivos:

1- Em geral são poucos comentários, e ou gente pedindo coisas.

2- Apologia a pirataria.

Quanto ao primeiro item. Não me importo em responder às dúvidas das pessoas que postam ali, mesmo aquelas que são non-sense, ao contrário de muita gente que conheço ao longo desses últimos vinte e tantos anos de modelismo nunca soneguei informação, então esse primeiro motivo não é a causa principal da decisão de eliminar a caixa CBOX, o motivo é outro e aí vamos para o segundo item.

Há alguns meses atrás uma pessoa me veio solicitar se sabia onde achar um modelo do Jupiter 2, respondi educadamente que não sabia. Gosto de SF todos vocês que me acompanham desde o blogspot sabem disso, embora de alguns anos para cá tenha me dedicado a minha coleção de aviões na escala 1/100. Não abandonei totalmente o foco. Dada a resposta semanas depois essa mesma pessoa postou o link do modelo que ele achou (provavelmente da area interna de downloads do Zealot) indicando o link para um blog em que havia dezenas de modelos de diferentes autores reescalados e fora de seus links originais.

Respondi educadamente que não havia gostado do blog por conta disso e ele veio com uma contra resposta dizendo, que fazia por conta da raridade de alguns modelos e que SABIA DA MINHA POSIÇÃO À RESPEITO DA PIRATARIA. Respondi novamente dizendo que pirataria não era apenas vender  um modelo de editora scaneado ou vender modelos free, mas também modificar e re-hospedar sem autorização dos designers.

Aí amigos, “pretiou o olho da gateada”, o pirata (essa pessoa) veio me dizer que estavam fazendo ele e sua “equipe” repaints de modelos de linhas aéreas comerciais, que tinhamos que nos unir em prol do papelmodelismo, que ele não era egoista em compartilhar os modelos e que eu estava pregando moral de cueca, pois tinha no meu blog material (acho que pirata) que ele tinha escavocado nos buracos negros da Net. CONFESSO QUE COM ESSA ÚLTIMA RI ALTO.

Então respondendo ao nossso Star Trek Pirate:

– Sobre a união dos papelmodelistas: Trabalhei anos à fio no meio em associações de modelistas, acho hoje um dia um saco, não quero me unir com ninguém, só quero montar os meus modelos, as pessoas que são minhas amigas no modelismo, são de relação pessoal, mesmo as que estão em outros estados. União para que, para demonstrar aquela torrente de vaidades de quem monta melhor  ou quem tem o modelo assim e assado. E outra jamais me uniria com piratas, por que sou bastante conhecido nas comunidades internacionais de modelismo, sou fornecedor da Ecardmodels, um dos beta-testers do Editor Fiddlers Green, conheço 90% dos grandes designers (me correspondo) como Julius Perdana, Marek Pacynski, Dr. Emil Zarkov, Krzychu74, Gearz, Rhaven Black, Aaron Murphy, Diego Cortez e tantos outros, não vou queimar o meu filme com essas pessoas, não mesmo, antes só que mal acompanhado.

– Sobre ser egoista: Uma coisa é comprar um chocolate e repartir a barra entre todos outra coisa é comprar um livro e o foto-copiar ou reescrever partes como lhe convem e distribuir o trabalho. Isso é ilicito, e imoral. Considerando todo o modelo de educação que tive e no que acredito, jamais iria distribuir um modelo que comprei entre estranhos. Se projeto um modelo de graça, tudo bem e considero o risco dele ser utilizado de maneira imoral ou ilegal. Por causa disso fazem anos que não lanço um modelo de ficção novo, e olha tenho vários no meu escaninho digital, perto de 50 ou mais todos Star Trek e Star Wars e algumas coisas bem inéditas, se montar vai ser para mim, por que cansei de ver o meu trabalho vilipendiado por gente como essa. Não faço pirataria. O ST Piratex deve estar me chamando de hipocrita, mas até mesmo os meus softwares são legalizados, windows legitimo, metasequoia e milkshape legitimo, 3d studio versão de estudante, Corel X6 assinatura mensal legalizado, pepakura legitimo, nem MP3 eu tenho pirata, eu compro ou escuto online via Deezer. E não me venha com a desculpa ahh eu sou pobre não tenho cartão internacional, por que hoje qualquer um tem, hello! Usa outra xurumela.

– Fiquei procurando que diabo de modelo eu teria exibido aqui no blog que foi o dito senhor que achou na internet com o seu serviço de raridades (grande merda tenho quase todo o catálogo da Ecardmodels e da FG com coisas que NUNCA apareceram e nem aparecerão nos piratas), a unica coisa próxima de coisas que vi num dos blogs dessa pessoa são o meu Catalina repintado com autorização do Marek e a venda na Ecardmodels http://www.ecardmodels.com/index.php/1-50-consolidated-vultee-pby-5-catalina-brazil-livery.html e o meu T-33 e o F-80 da DGA e de Rob Carleen. Existe um outro pirata nacional que repinta modelos da nossa aviação militar em cima de modelos da Fiddlers Green, e de outros, mas o trabalho além de mal feito tem um erro crasso, ele usa fontes de numerais e letras erradas, ele usa Arial em vez de usar a fonte correta (dessa vez não vou dizer qual é a fonte de sistema exata, é vou ser bem egoista) o que deixa o material bem desqualificado. Bem o T-33 e o F-80 são repinturas minhas feitas apenas para o meu uso e com as fontes e numerais corretos. Sabe me parece aquela coisa, perdeu os argumentos aí vem tentar intimidar, mas nessa perdeu babacão.

Por fim lamento profundamente que os meus amigos e leitores tenham que ler essa nota, mas tenho tolerância zero com esse povo, detesto aqueles que vem do alto da sua prepotência, em não aceitar o debate e não reconhecer que está errado e na falta de argumentos tenta difamar. Estou quieto aqui no meu canto. Qual é? Além do que esse não é um blog de repostagem de links ou de hospedagem de modelos, e sim de tecnicas de montagem, de história de aeronaves, dos meus textos, ora vai se danar parasita!

Por fim não vou deixar esse post aberto para comentários, isso é o meu espaço, não é democracia, e não to nem aí se não é politicamente correto, foda-se. Para aqueles que usavam a cbox corretamente criei uma alternativa um email do blog. Por favor usem esse email para expressar às suas dúvidas, os comentários nos posts futuros estarão sempre abertos.

blogdopericles@gmail.com

Um abraço para quem merece!

Um periodo de ausência…

Tenho que pedir desculpas aos amigos pelo período de ausência aqui do Blog, mas o Mundo real também tem as suas responsabilidades.

Gostaria de agradecer a todos que comentam aqui e aos que postam às suas dúvidas no CBOX, às vezes eu demoro para responder, mas invariavelmente respondo.

Porém se vocês forem postar alguma coisa legal nos comentários postem, vou ter todo o prazer em responder. Agora comentários Opa legal, ou é isso aí, esqueçam, não tem espaço aqui e vou tratar como spam.

Todos são bem vindos, mas o Blog do Péricles não é a casa da mãe Joana 😉

 

 

Novidades dos anos 30: Boeing F3B e Curtiss Wright CT-32 Condor

Amigos e amigas.

Como voces viram nos post anteriores dei uma atualizada com as minhas últimas adiçoes a coleção 1/100: duas aeronaves norte americanas da década de 1930, neste post vamos falar um pouquinho sobre elas, começando pelo Curtiss Condor.

Zoom in (real dimensions: 720 x 334)Imagem

O Curtiss Condor surgiu no início dos anos 30 como uma aeronave comercial de construção mista, sendo um híbrido com tecnologia moderna (hélices de passo variável, trem de pouso elétrico retrátil) porém revestido de tela e com o layout biplano.

Zoom in (real dimensions: 543 x 799)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 611)Imagem

O Condor foi operado pela American Airliners, sendo um dos primeiros aviões comerciais com acomodação para dormitório. A China, Suiça, Colombia, Inglaterra, usaram esse avião para este fim.

Zoom in (real dimensions: 720 x 492)Imagem

Imagem

Com o surgimento do DC-2/DC-3 e do Boeing 247 o Condor ficou em desvantagem no mercado, assim a Curttis reprojetou a aeronave surgindo o CT-32, a primeira aeronave em todo o mundo desenhada para operar exclusivamente com cargas.

Zoom in (real dimensions: 799 x 517)Imagem

Existiram versões militares do CT-32, conhecidas com AT-32 e BT-32, operadas em pequenas quantidades pela Argentina, Colombia, USA, China e Peru.

Imagem

O assunto do nosso modelo é o Curtiss Condor operado pelo Almirante Byrd na sua expedição a Antártica em 1938, esse Condor foi especialmente modificado para a expedição, tendo mais um depósito extra de combustível e a possibilidade de operar com trem de pouso de rodas ou flutuadores alternadamente.

Zoom in (real dimensions: 650 x 492)Imagem

Imagem

Zoom in (real dimensions: 614 x 480)Imagem

O modelo foi desenhado por Aaron Murphy e pode ser adquirido aqui: http://ecardmodels.com/32condor-byrd-an … -2403.html

Lembrando que as galerias deste modelo estão aqui:

Galeria Modelo Finalizado: http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?p=2133

Galeria Modelo Build In: http://www.clubedocanhao.com.br/blogs/blogdopericles/?p=2150

Já o nosso segundo modelo, montado previamente foi o Boeing F3B, um caça naval norte-americano, relativamente desconhecido, antecessor da famosa familia F4B/P-12. O F3B-1 teve uma vida operacional curta, servindo do final da década de 20 até a metade da década de 30 nos porta-aviões norte americanos. Sua estrutura resistente, e uso de alumínio corrugado nas asas e na cauda, tornaram o tipo adequado para o uso como caça bombardeiro, função na qual foi utilizado no final de sua vida operacional. O F3B foi substituido no meio dos anos 30 pelo Boeing F4B.

É um simpático avião e para mim foi uma grande adição a minha coleção US Navy.

As galerias com o modelo finalizado podem ser apreciadas aqui:

Em português:

http://www.clubedocanhao.com.br/forum3/viewtopic.php?f=49&t=3823

Tópico de Montagem:

Em inglês:

http://www.papermodelers.com/forum/aviation/20808-boeing-f3b-1-100-scale-der-kampfflieger.html

Além dessas duas montagens, temos a novidade das galerias build in. Como não tenho tido tempo (e nem saco) de criar novos artigos (embora esteja com a cachola fervilhando de novas idéias para escrever), resolvi postar as fotos dos PaP (Passo à Passo) das montagens que posto em diversos foruns tanto aqui no Brasil como no exterior. Por enquanto apenas o CT-32 e o F3B tem essas galerias, mas a tendência é elas se tornarem frequentes, tanto que criei uma nova categoria de postagem, para o pessoal as localizar especificamente.

Até a próxima postagem…

 

A Portabilidade no Papelmodelismo!

Um das coisas mais interessantes do papelmodelismo, além da mágica de transformar uma matéria prima ordinária e simples como o papel em uma réplica convincente, é a grande interação entre projetistas (designers) e modelistas, algo que praticamente não existe no plastimodelismo no nível da criação (pensando-se nos grandes conglomerados da industria do modelismo).

No papelmodelismo isso existe também, através das grandes editoras, porém existem uma grande quantidade de designers independentes, que são modelistas como nós. Assim como no plastimodelismo, se criou através da internet, uma grande rede de entusiastas. Com a diferença é que essa rede também influi na criação de modelos, gerando uma interação única entre os projetistas e os modelistas.

Um exemplo disso, são os beta testers (me incluo) que testam uma cópia do modelo antes dele ser disponibilizado, o outro, e sobre esse que quero falar hoje, é a colaboração de pesquisa e material. Andei mandando cópias de plantas e desenhos  para o amigo Aaron Murphy (Oddball Design) de aviões japoneses raros. O resultado disso é que eles se cristalizaram na forma de dois kits no catálogo desse editor.  As demandas por esses aviões foram minhas , um deles por que o codinome aliado é Laura (o nome da minha mulher) e o outro por que é um tipo que por alguma razão desconhecida, sempre quis ter na minha coleção.

Aichi E11A Type 98 “Laura”, semelhante ao Supermarine Walrus, porém diferente…

Aichi D1A2 “Susie” Bombardeiro de mergulho naval japonês, baseado em cima do Heinkel He-66…

Lembrando que esses modelos estão disponíveis para compra por miseros US$ 3,95 na ecardmodels. Recomendo.

Bem amigos até a próxima!

 

Novidades, Noticias, Justas Atualizações.

Bem amigos e amigas! Estamos de volta!

Primeiramente, um grande pedido de desculpas pelo longo período offline, isso deveu-se ao fato de que o servidor onde estava hospedado o forum, página e os blogs do Clube do Canhão ter sido trocado, encerramos nossas atividades com a UOL (aliás a empresa no final comportou-se de maneira extremamente deselegante, retirando do servidor o nosso conteúdo antes do fim do contrato programado), estamos agora em um servidor próprio. Porém nosso competente webmaster estava (e está) assoberbado de trabalho, por isso as coisas demoraram um pouco para voltar aos eixos, lembrem-se isso é um hobby (modelismo e o nosso espaço virtual), primeiro a vida real depois o irreal (divertimento).

Apesar de estar sumido nessas duas ou três semanas, isso não quer dizer que não estávamos em atividade, pelo contrário, a bancada está fervendo de novidades. Vamos a elas…

Como voces sabem eu voltei a fazer plastimodelismo depois de um longo periodo apenas no papelmodelismo, apesar de por enquanto o modelo estar paralisado, tenho me divertido com o Curtiss P40E na 1/72 da Academy, espero em breve retomar essa montagem…

A montagem detalhada do P-40E está no fórum do Clube do Canhão neste endereço: http://www.clubedocanhao.com.br/forum3/viewtopic.php?f=14&t=3726

Já no campo do papel modelismo, além das duas montagems recentes, postadas aqui ontem, temos várias coisas em andamento, vamos conferir:

Saab Draken

Dornier Do-18

Meus dois últimos modelos montados, a produção esse ano está mais devagar…

A bancada está fervendo, estou com cinco projetos concomitantes vamos a eles:

MD F-4C Phanton II, nas cores da USAF durante o conflito do Vietnan, este modelo foi scaneado por mim a partir de um magazine GPM na resolução de 600 DPI, foi reduzido para 1/100, o objetivo é reproduzir todos os detalhes nessa escala como no modelo original. O modelo está sendo montado para um GB no fórum Plastimodelismo Livre e Democrático com a montagem espelhada no fórum do Clube do Canhão.

O Fokker EIII é outro experimento de conversão da 1/33 para a 1/100, ele é a base de teste de um monte de técnicas novas, a montagem está sendo transformada em um artigo que será publicado em breve no site do Clube do Canhão…

O Curtiss Condor esta sendo montado direto da folha (com exceção da redução da escala para 1/100), este modelo esta sendo feito para o 8º GB de Aviação do Panzermodel Fórum e está tendo a montagem concomintante espelhada no Clube do Canhão. O modelo é uma das pérolas de Aaron Murphy, e acredito que pelo estágio avançado da montagem, será um dos primeiros a ser finalizado desse “grupo dos cinco” (F3B, F4C, Condor, EIII, B2M)

Der Kampfflieger, me imcubiu de realizar a montagem teste do seu mais novo modelo, o Boeing F3B, o original é na 1/48, mas eu reduzi para a 1/100, o F3B é um dos mais desconhecidos aviões navais do EUA, sendo utilizado como caça baseado em porta-aviões durante a década de 20.

Minha montagem beta do meu modelo artesanal do Mistubishi B2M na 1/100 continua, de maneira devagar mas continua, atualmente além do airframe básico concluso, estou desenhando o trem de pouso e os struts de centro…

 Além de tudo isso, ainda estou mechendo no modelo multimédia da nave do Zanac, espero em breve poder sair do estágio de montagem para pintura…

Nave Zanac no seu primer branco básico…

 Bem gente, de montagens acho que era isso, espero atualizar o blog em breve, com novos artigos da Antologia da Av. Naval e no Taller e na série especial sobre aeronaves e SF. Em breve novidades.

 

 

O Aviário (Armário) – Revisitado

No feriado de páscoa, seguindo as orientações gerais do meu plano de mudanças do cafofo de modelismo, resolvi tirar o meu velho armário em MDF onde guardo os meus modelos, que estava preso na parede e o transferi para a sala.

Essa grande idéia foi da minha mãe que numa atitude muito legal, me cedeu uma parte da sala de estar da nossa casa, para eu apresentar o trabalho do meu modelismo, tanto em plastimodelismo quanto em papel modelismo.

Muitas das minhas peças em papel, ainda não estão expostas pois tenho que as desembalar das caixas e containers, mas 80% da minha coleção está aberta aos convivas e vistantes da minha casa.

Foi um trabalho e tanto remover o armário, desmontar, limpar, remontar, mas penso que no final valeu a pena tanto esforço, pois realmente ficou muito bom.

Com a ajuda da minha companheira fizemos a empreitada nesse feriado com belos resultados como vocês podem ver…

Uma visão geral do armário, que aéreo estava se estragando por causa do peso e do pó...

Close na parte direita destinada a coleção de papermodels na 1/100, as prateleiras estão mais ou menos separadas por temas...

Área Sci-Fi multimédia e Plastimodelismo nas escalas 1/72 e 1/48

Ficou lindo não?? Até a próxima…

Blog do Péricles de Cara (mais) Nova…

E ai galera?

Tranquilo?

Bom como podem ter notado fiz uma modificação no layout geral do blog, acho que ficou bom, apesar de em monitores pequenos tem que correr a barra longitudinal. Estava cansado daquele formato de “jornal” antigo. Espero que isso me anime a postar novidades… Vamos ver…