Retrospectiva Modelista 2014

Bem amigos e amigas, mais um ano que se vai e mais uma vez é tempo de nossa Retrospectiva modelista, que esse ano teve recorde de montagens!

Para acessar a página clique AQUI.

Ou então vá na aba no Taller que é sem erro.

Um feliz 2015!

Petlyakov Pe 8 e GAZ M1 – Murph’s Models e Robotechnik na 1/100

PetlyakovPe-8

Depois de mais de um mês trabalhando na bancada eis que surge mais um modelo e esse é especial: Trata-se do bombardeiro estratégico soviético Petlyakov Pe 8. Desenvolvido na metade da década de 30 inicialmente pelo OKB Tupolev através de um de seus designers chefes Vladimir Petlyakov, inicialmente chamado de ANT-42, foi a resposta de um requerimento da VVS em 1935 para um bombardeiro estratégico que pudesse suplementar o Tupolev TB-3. O Pe-8 era uma extrapolação natural de design do Tupolev SB-2 porém bem maior e com avançadas características para a época, sendo que nenhum avião ocidental de bombardeiro estratégico estava em sua categoria (exceto o Boeing Model 299, o protótipo do B-17), tinha sistema elétrico complexo e avançada radio-navegação para a época, além de possuir um motor extra interno (no caso um Klimov M100) que superalimentava os quatro motores V-12 Mikulin AM-34. quando o protótipo voou o Pe-8 era mais rápido que muitos caças daquele tempo.

Petlyakov_Pe-8

Foram produzidas menos de 100 unidades do Pe 8 por várias razões, uma foi a invasão da URSS na II Guerra Mundial, que obrigou os soviéticos a desenvolverem uma aviação tática para empurrar o inimigo para fora do território, a outra era a complexidade da produção do Pe-8. Ainda assim foram usados para o bombardeiro de Berlim ainda em 1941, e nas fases finais da guerra com um desenvolvimento de uma bomba dedicada somente para ele, a FAB 4000 foi usado para ataques de interdição, pulverizando com essa arma de 4T de alto explosivo, concentrações de tropas, veículos, entroncamentos ferroviários, oleodutos, pontes, bunkers. A façanha mais interessante do Pe-8 ocorreu em 1942 com a viagem do Ministro do Exterior soviético Vyacheslav Molotov para os EUA e a Inglaterra, para negociar a conferência de Casablanca. O voo foi feito com um Pe-8 de produção sem adaptação nenhuma através de espaço aéreo alemão ocupado pelo ártico sem escalas de Moscou a Washington, após reunir-se com Roosevelt, a segunda perna da viagem de Molotov foi a Inglaterra e depois novamente a Moscou. Um voo incrível a época.

petlyakov-pe-8

Tanto o pessoal do USAAC quanto da RAF ficou impressionado com o Pe 8 pois o desconheciam! Após a guerra os Pe 8 sobreviventes já equipados com motores radiais ASh-85 foram usados na exploração do Ártico e da Sibéria e como bancada de testes voadoras para os derivados soviéticos da bomba voadora alemã V1. O meu modelo o “Branco 2″ representa justamente o avião da viagem de Molotov operado pelo 746th Regimento de Avião de Longo Alcance Independente (em russo: Otdel’nyy Avia Polk Dahl’nevo Deystviya—OAPDD).

gaz1173c

Notaram que tem um carrinho junto pois bem esse Staff Car que conduziu Molotov e sua delegação até o avião no aeroporto de Moscou é um GAZ M1, derivado do famoso Ford V8 1933 (essa é outra história se voce está com paciência de ler, vamos lá o Ford V8 era o carro favorito dos gangsters foi num desses que os famosos bandidos amantes Bonnie e Clyde foram metralhados pela policia) O GAZ M! foi feito para o mercado civil soviético sendo o primeiro carro produzido na URSS com algum conforto, ignição elétrica e bancos reclináveis, além de ter suspensão em X. O sufixo “M” vem de Molotov, uma homenagem que o estado fez ao ministro por fechar em 1939 o pacto de não agressão entre a Alemanha e URSS, produzido de 1938 à 1946 foi durante um período o único carro soviético, utilizado por autoridades e altos oficiais em suas versões mais luxuosas e como staff car (quem viu o filme Círculo de Fogo vai se lembrar do oficial politico se ralando quando o seu GAZ M1 é atingido pelo exército alemão em Stalingrado. Viram quanta história modelos podem contar? Modelos da Murph’s Models (Pe 8) e Robotechnik (GAZ M1).

Fotos dos Modelos Finalizados:

Lockheed U-2C Dragon Lady – Murph’s Models na escala 1/100

Bem amigos, atualizando as nossas montagens. Vamos com mais um assunto.

lockheed-u2-274

Mais um modelo adicionado a minha coleção da USAF na escala 1/100, dessa vez é o mítico avião de reconhecimento furtivo, o Lockheed U-2. Esse avião foi desenvolvido inicialmente como uma plataforma especializada de reconhecimento ótico para qualquer tempo. Projetada nos anos 50, para voar acima de 70000 pés (21000M) o U-2, conhecido também como Lady Dragon era imune aos aviões de caça e armas anti-aéreas daquela época, sendo que fez muitos vôos durante a Guerra Fria sobre os países do pacto de Varsóvia e outros satélites da URSS. Desenhado pelo genial Kelly Johnson, com a tecnologia da época, Kelly desenhou um enorme planador motorizado, baseado na fuselagem do F-104, porém para economizar combustível e ter uma assinatura furtiva o piloto literalmente desligava durante a maior tempo o motor, religando na janela de escape. As máquinas fotográficas de reconhecimento do U-2 eram tão especiais que tinham uma resolução capaz de enxergar uma bola de golfe a 18.000M de altitude. Até a década de 60 a CIA operava um programa secreto de espionagem aérea, que foi interrompido em 1962 com a derrubada do U-2 operado por Gary Powers sobre o território soviético. Foi um momento de esquenta da Guerra Fria junto com a crise dos Mísseis que o U-2 teve papel fundamental. Após isso a CIA, NSO e a USAF continuaram (e continuam) usando o U-2 e suas variantes como o TR-1 até os dias de hoje. Modelo da Murph’s Models.

Versão da CIA (exatamente o avião de Gary Powers)

Versão da USAF (parecido com o avião perdido sobre Cuba durante a crise do mísseis em 1962)

10502076_10201641382714740_1648436074759327529_n 10411295_10201641382514735_3569192040443638827_n 10419609_10201641381514710_1673777129448288314_n 16409_10201641381234703_6391855407570815061_n 10689975_10201641381274704_8834801454486687011_n

Mikoyan Gurevich MiG-17 – Força Aérea de Angola 1/100 – Der Kampffleiger

mig_17_4

O Mikoyan Gurevich MiG-17 (Codinome da OTAN: Fresco, Designação do DoD: Type 38) começou a ser desenvolvido em 1949 como uma versão avançada do MiG-15, no entanto a experiência real de combate na Guerra da Coreia fez com que o OKB MiG desenvolvesse na verdade um novo avião, incorporando novas características que compensavam os problemas do MiG-15, notadamente a tendência a entrar em parafusos acima de certa velocidade (próxima a MACH 0,92) em mergulho, e flutuações e derivações com o disparo das armas, que se mantiveram as mesmas. Entrando em produção a partir de 1952 o “Fresco” ficou pouco tempo em serviço na URSS, logo suplementado por aviões de projeto Mach 2, mas ficou longos anos em serviço em países do Pacto de Varsóvia, ou amigos da URSS, teve uma gigantesca produção na China, conhecido como Shenyang J 5 e na Polônia como LIM-5/6. Foi usado por longos anos no chamado “Terceiro Mundo”, pois era uma aeronave subsônica de alto desempenho, com simples manutenção e muito resistente. Com longa folha de serviços em combate, sendo o seu debut na longa crise com a China em 1958, tendo sido usado também no Vietnan, nas Guerras Arábes-Israelenses nos anos 60 e até mesmo no Conflito do Afeganistão nos anos 80. Bem pilotado era um adversário formidável, tanto que as nações ocidentais tinham poucos caças da sua categoria (notadamente as versões avançadas do F-86 e F-84 o Super Mystere e o Hawker Hunter), mas de longe com a resistencia e a praticidade da máquina soviética. O MiG-17 representado aqui é um exemplar exótico, pois pertence a Força Aérea Popular de Angola/Defesa Aérea e Antiaérea (FAPA/DAA) nos anos 70. Modelo desenhado por Roman Vasyliev, que tive o prazer de testar. Estás disponível para download no fórum Papermodelers e na Ecardmodels gratuitamente.

Fotos do Modelo Montado:

Yakovlev Yak-1M na escala 1/100, mais um Thaipaperwork

Dando continuidade ao nosso estudo de construção da pequena série 1/100 que o Nobi anda desenhando, o modelo da vez é o famoso (e pequeno) caça russo Yakovlev Yak-1M.

yak01b2Aleksander S. Yakovlev, foi um dos principais projetistas de aviões na União Soviética durante os anos de 1930 e 1940, sendo que um dos seus principais projetos foi a família de caças Yak1/3/9 e seus derivados. Que data de 1939. Este pequeno e simples avião, foi uma das principais armas da VVS contra o invasor alemão durante a II Guerra Mundial e foi desenvolvido em um grande número de variantes, algumas notadamente excepcionais para combate aéreo como o Yak-3, outras com pesado armamento anti-tanque como o Yak-9T, algumas subvariantes eram construídas em madeira outras com sistemas sofisticados. Digno de nota que um dos primeiros caças soviéticos a jato o Yak-15 é um desenvolvimento do Yak-3, mas isso é outra história. Esta maquete representa um Yakovlev Yak-1M “branco 13″ do regimento “Varsóvia” da Força Aérea Polonesa livre na URSS.

Aspectos da Construção

Modelo Finalizado

Até a próxima montagem… 😉  Ah lembrando que, esse modelo está disponível gratuitamente para download na Thaipaperwork.

E o TB-3 Ainda rende umas coisas legais depois de finalizado…

Não sou muito de me gabar, mas tá explicado por que estourei o bandwitch do photobucket. O TB-3 Zveno foi POW (Picture of Week) no fórum papermodelers.com, um dos maiores forums de papel-modelismo do Mundo.

Captura de tela de 2014-04-25 16:30:53

Um amigo de Hong Kong, também modelista, o Papermate desse mesmo fórum deu uma retocada nas fotos e botou o Zveno Aviamatka em vôo ;)

Imagem

Imagem

:faloneh:

Tupolev TB-3 Zveno Aviamatka (Parte 3 – Polikarpov I-5, Stand e Conclusão)

Com algum atraso, vamos finalizando a ultima parte do Zvesno, o caça Polikarpov I-5 que vai em cima das asas.

Cortei todas as peças que compõem os dois caças…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Posteriormente após tratar todas as quinas com tinta branca iniciei o conjunto de várias submontagens.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Com tudo seco e armazenado esperando a vez, iniciamos a montagem do modelo propriamente dito, começando pelo motor e cownlings.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Asas superiores.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Montantes.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Cauda.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Fuselagens…

Zoom in (real dimensions: 600 x 800)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Asas inferiores…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Modelos guardados aguardando secagem de componentes. Acho que até domingo atualizo. Talvez já com o final dessa empreitada.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Até lá.

Bem meus amigos vamos nos encaminhar a conclusão dessa montagem…

Finalizei a construção dos dois caças Polikarpov I-5 que vão na parte de cima das asas…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Os trens de pouso foram instalados, checando minhas referencias, no caso o In Action da Squadron, Polikarpov Fighters Vol 1…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

A parte inicial do rigging foi feita assim como as rodas e bequilhas foram instaladas…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Instalação das asas e dos cabos de vôo…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

I-5 finalizado…

Bueno agora vamos prender os indios na parte de cima da asa…Zoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Estas estruturas em forma de piramide prendiam os eixos do trem de pouso do I-5 junto a elas tinham gruas e alavancas de pequeno formato que liberavam o avião a partir do controle do piloto. A reatracagem era pirada pois o avião “pousava” na asa até atingir com eixo essas estruturas novamente…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Literalmente pronto… Falta pouco…

O modelo para ficar com uma posição interessante para valorizar os I-16 e o I-z que se localiza na barriga precisava de um pedestal, o designer fez um aliás uma peça bem interessante que parece de verdade com um monumento soviético real, para garantir rigidez eu imprimi essa parte em papel 180g…Zoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Uma nova capa de verniz aerografada para proteger todo mundo e…E aqui amigos apresento em dois post os modelo finalizado… :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Diário de Montagem Tupolev TB-3 Zveno Aviamatka (Parte 2 I-Z e I-16’s)

Iniciei o Grigorovich I-Z, o caça que vai na barriga do TB-3, comecei pelo cownling e pelo motor.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Acredito que até o começo da semana que vem eu tenho ele pronto e ancorado no TB-3, vamos ver…

Bem amigos dando continuidade aos adereços do nosso TB-3, demos andamento no Grigorovich I-Z.O Grigorovich I-Z, considerado um avião canhão, foi desenvolvido a partir de uma fuselagem de um caça biplano Polikarpov I-5 e seu motor. O I-Z era um monoplano braçeado que tinha dois canhões sem recuo Kurchevski DRP (APK) de 75mm, dimensionados para atingir (e abater) um bombardeiro inimigo com apenas um disparo. Ideias malucas soviéticas! O I-Z foi usado no experimento Zveno Aviamatka, e é exatamente o que esse modelo representa, uma das aeronaves dessa configuração.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Depois de feito o motor, partimos para a fuselagem do nosso amigo, bastante simples por sinal de ser montada…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Começamos montando as duas primeira partes do centro e a raiz da asa.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Um artifício comum para manter a corda da asa na colagem é inserir palinetes metálicos de manicure e palitos de dentes, a colagem fica impecável.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Colamos o firewall do motor e a parte de trás da fuselagem onde se encaixa a cauda…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Começei então a preparar os segmentos da asa, ela é toda partida em função da corda assimétrica por conta do arranjo dos canhões nas asas.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Notem a corda assimétrica a qual eu estava falando antes…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Um visual de baixo

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Até aqui a pior parte da montagem ao meu ver está conclusa… Continua no próximo post :arrow:

Retornamos a carga montando a cauda do nosso amigo que curiosamente a empenagem horizontal é quase em “T”…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Colei os tirantes de braceamento dos estabilizadores nos seus devidos lugares, são peças pequenas feitas de papel enrolado…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Preparei a mira, para-brisa e santo antônio do nosso amigo…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Uma geral de como está ficando…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Com o conjunto bem seco preparamos o trem de pouso com suas pernas e o montantes de braçeamento das asas…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Peças alinhadas e secando…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Montantes instalados…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Rodas e bequilhas…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Cownling instalado…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Hélice instalada.

Finalizado…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Será que está mesmo fnalizado? Falta alguma coisa não acham? Aqui está o equipamento de acoplamento, desacoplamento do aviamatka…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Na próxima atualização, a acoplagem na barriga do TB-3…

Lá vamos nós com a grua de encaixe e desencaixe do I-Z.

Zoom in (real dimensions: 600 x 800)Imagem

Começamos colando as faces e depois de bem seco (24H) vazamos a peça…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

A grua de ancoragem pronta…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

A grua sendo colada na barriga do TB-3 na posição que escolhi, para liberação do I-Z…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Pendurado na mamãe :lol:

Bem o próximo passo agora é montar os caças I-16 que vão encaixados na parte de baixo das asas… Até lá… :mrgreen: :twisted:

Bem amigos, após uma pequena pausa, estamos de volta com a montagem dos outros penduricários do Zveno, dessa vez são os caças Polikarpov I-16.

Nos experimentos Zveno o I-16 foi muito usado, introduzido a partir de 1935, ele tinha vantagem de ter o trem de pouso escamoteável, o que diminuia consideravelmente o arrasto e facilitava os engates, de fato a configuração Zveno 5 com dois I-16 embaixo da asa do TB-3 no fim foi considerada a ideal e utilizada no composite SPB que já falamos lá atrás…

Cortei todas as peças dos dois aviões, aqui considero a montagem rapida, já que não tem motor e nem trem de pouso, a espectativa é que os dois I-16 estejam pregados no TB-3 na segunda-feira.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Depois separei as peças que compõem a fuselagem., pintei as quinas…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Comecei a montagem pelo centro da fuselagem para acomodar a raiz da asa, vamos ver o que sai…

Zoom in (real dimensions: 600 x 800)Imagem

Bem amigos apesar do pequeno sumiço continuei trabalhando nos Polikarpov I-16 Type 5 e finalmente os colei embaixo das asas do TB-3. Vamos resumir a montagem.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Colei a raiz das asas e coloquei as tradicionais escoras.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Depois de tudo bem seco iniciei a montagem dos outros componentes da fuselagem.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Fuselagens completas…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Montagem das asas, importante manter o diedro que é bem característico do I-16…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Colei as raízes das asas, com cuidado e pouca cola.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Leme vertical.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Carenagens dorsais e cockpit.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Estabilizadores…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Raízes dos estabilizadores.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

No embalo fiz os spinners e as paz das hélices…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Os bichinhos quase prontos…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Finalizados…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Finalmente tratei de preparar as gruas que seguram os I-16 nas asas do TB-3, elas foram coladas com CA para produzir um reforço para montagem.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Tem que tomar cuidado com o posicionamento das gruas, eu colei com cuidado e espaçadamente os I-16 nos seus lugares…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Etapa finalizada…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Bem amigos está quase, agora é fazer os penduricários da parte de cima, no caso os Polikarpov I-5, até lá…

Diário de Montagem Tupolev TB-3 Zveno Aviamatka (Parte 1 TB-3)

Bem amigos vamos agora publicar o diário dessa montagem que consumiu dois meses de trabalho intenso direto. Lembrando que ela também está publicado em português no fórum do Clube do Canhão e no Plastibrasil.org e em inglês no papermodelers.com. O modelo está a venda na Murph’s Models e eu realizei toda montagem beta.

Começando o projeto:

Para fazer o Zveno Aviamatka necessitamos além do TB-3, dois Polikarpovs I-5, um Grigorovich I-Z e dois Polikarpov I-16 Type 5, cabe ressaltar que estou testando esse papermodel para o designer original, ele ainda não está a venda no mercado. A escala é a famosa WSAM (que equivale a 1/60), mas eu reduzi para a nossa camarada 1/100.

Os modelos não tem cockpit detalhado, a não ser o TB-3, mas apresentam motores radiais muito bons e texturas bem legais, acho que teremos condições de mostrar um bom projeto para os amigos.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

As peças do TB-3, notem que a fuselagem é dividida em quatro grandes seções, por ter o formato de caixa não prevejo grandes dificuldades na montagem. Acredito que a proa seja a parte mais dificil nessa etapa…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Aqui o I-16 Type 5, o modelo mais fácil dessa empreitada, por que não tem motor e nem trem de pouso, dois foram impressos…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Aqui o Polikarpov I-5, o I-5 foi um caça muito semelhante ao Boeing P-12E, que foi usado pela VVS na primeira metade dos anos 30, de fato ao irromper a Grande Guerra Patriótica, várias centenas ou estavam servindo a aeroclubes ou em unidades de segunda linha da Aviação de Frente. O modelo é bem típico da Murph’s Models (Antiga Oddball Design), a maior dificuldade prevista é no alinhamento da asa superior e nos cabos, este modelo teve que ser impresso duas vezes.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Finalmente o Grigorovich I-Z, este caça também chamado de IP-1 P de Pancernik (Canhão) é um dos tipos mais desconhecidos em operação na União Soviética nos anos de 1930, era destinado a atacar bombardeiros inimigos ou atuar na função anticarro, pois tinha um canhão de 37 mm disparando através do eixo da hélice, para atuar nos Zveno, os IP-1 tiveram seus canhões removidos transformando na variante I-Z de assalto (capaz de carregar bombas pesadas nas suas asas). Por ser um monoplano, não estou prevendo grandes dificuldades na montagem deste.

Devagarito no más vamos começando a montagem desse leviantan. Quando estou com gás num projeto em geral começo por partes tediosas e repetitivas, comecei por parte do trem de pouso, pelo sistema de rodas duplas…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Até aqui nada demais, o único detalhe foi pintar a parte de trás do sistema de eixos.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

As rodas com suas quinas pintadas de cinza cortadas e preparadas para a montagem.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

A montagem sendo preparada…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Vamos a mais uma atualização de sábado e domingo…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Começamos preparando o cockpit do TB-3, inicialmente pelo habitáculo e pelos assoalhos dos pilotos…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Depois fui para os assentos e os comandos de controle são peças diminutas na 1/100, acabei esquecendo de fotografar os comandos mas são peças simples…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Cockpit finalizado…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Aproveitei no embalo e fiz o former interno da asa, são um conjunto de peças simples na forma de “caixas”…

A montagem começou por parte da fuselagem, com especial atenção aos postos de defesa do meio da aeronave…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Nesta sequencia de fotos temos os detalhes da construção da metade para trás da fuselagem, notem, que a parte dos postos de metralhadoras tem um vazamento negativo em relação ao dorso, deu um certo trabalho executar isso, o segredo foi colar parte por parte. Para eliminar o branco do papel por que o posto é visível, pintei com “black green” da corfix a parte interna, deu para dar uma quebrada penso eu.

Bem amigos mais um conjunto de updates,dessa vez em cima da segunda metade da fuselagem…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Comecei colando a parte de cima da fuselagem, aba por aba.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Colagem do nariz com a sua forma característica de barco…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Montagem do degrau do nariz.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Inicio da colagem da lateral, notem os reforços perto do buraco do cockpit (que ainda vai ser aberto) são nas partes curvas que podem romper quando abrirmos esse espaço.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Peça preparada para receber o cockpit…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Cockpit instalado, se conseguimos sucesso na construção das partes curvas da fuselagem ele encaixa muito bem…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Colando o intra dorso da fuselagem…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Colei o vidro do bombardeador, pétala por pétala…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Close no cockpit…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Fiz então a cauda…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Juntei as duas metades da fuselagem e montei a cauda, ainda restam uns pequenos detalhes que precisam ser pintados. Mas uma parte importante do modelo do TB-3 está feito.

Eu também acho, mas se fizer não termino mais esse projeto kkkkk.

Bem amigos após um pequeno hiato vamos começar a preparar a montagem das asas.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Antes eu construi às hélices. Tenho esse costume, entre uma montagem e outra, de fazer partes repetitivas.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

A sequencia de preparação das peças das asas, elas precisam secar bem por que foram separadas nas faces, isso para quando forem formadas não houverem descolamentos nos bordos de ataque, em geral 24 horas.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Abertura dos buracos que acomodam os reforços internos das asas e dos estabilizadores.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Primeira parte do braço interno e o conjunto dos estabilizadores.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Montagem dos estabilizadores…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Peças coladas.

Bom amigos! Voltando a nossa montagem, tempo de atualizar com a construção das asas, que são obtidas com vários segmentos uma parte perigosa da montagem, pois se elas empenarem, adeus trabalho…

Antes instalei o resto da verga volumétrica…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 600 x 800)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Início da montagem das asas pela raiz, começa-se colando por baixo…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Segmentos exteriores, sempre verificando alinhamento…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Pontas coladas e objetivo cumprido. Como a colagem é demorada, o trabalho adentrou-se por dias…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Hoje domingo de carnaval, o desfile será na bancada fazendo as naceles dos motores.

Bem amigos vamos atualizando a nossa montagem do TB-3.Após o desafio da montagem das asas vamos para as naceles, um trabalho chatinho pois é bastante repetitivo… As naceles tem um formato ovaloide o que dá um certo trabalho para formar, a abertura das mesmas para adaptar ao bordo de fuga necessitou de pequenos ajustes, mas nada impossível de ser realizado.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)
ImagemZoom in (real dimensions: 1024 x 768)ImagemAs duas primeiras partes eram coladas na asa e depois de bem secas, partimos então para a construção da segunda parte, com o seu formato peculiar…Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Com todas as naceles feitas, partimos para a montagem dos escapamentos que são “meio tubos”, que precisam ser conformados as naceles…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Com mais uma etapa feita, vamos agora para o trem de pouso.

Montagem do trem de pouso, um conjunto simples, apesar do formato complexo do original…Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Iniciei a montagem pela perna principal, e depois foi colando os outros segmentos com super bonder em gel, por dentro dos tubos foi vertido um pouco de bonder também para dar uma certa rigidez ao conjunto.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Muita gente me pergunta, mas bah como voce consegue fazer uns tubos tão retinhos? O segredo esta aí, tenho uma profusão de agulhas de costura de todas as bitolas que são utilizadas para conformar os tubos e também para fazer a colagem. ;)

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Já com as patas no lugar :mrgreen:

Continuando com os nossos updates:Foi o tempo de realizar pequenos detalhes como os postos de defasa do TB-3, começamos pelos scarf riggings…Zoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Como as metralhadoras oferecidas no modelo ficam muito difíceis de serem montadas, acabei utilizando-me de papel cartão vivaldi na cor preta para as fazer de uma unica peça cortada, com exceção dos tambores de munição, que foram fabricados com um vazador cirurgico, as manoplas das metralhadoras foram pintadas com tinta marron claro também…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Além das metralhadoras outro detalhe custom no modelo que dá para ver na foto acima são as antenas de rádio com os seus respectivos cabos, que são feitos de aço monofilamento. Falando nisso outro detalhe interessante do TB-3 é que conjunto de cauda é todo braçeado por cabos de vôo, que também foram simulados aqui…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Um close geral das adições…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

E dou a primeira parte do Zveno finalizada, no próximo post mais fotos do TB-3 finalizado. :mrgreen:

Uma capa de verniz e ave mãe está pronta para receber os parasitas…Zoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)ImagemZoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

 Eu não consigo resistir a fazer algumas comparações de tamanho com outros aviões da minha coleção na mesma escala…

Zoom in (real dimensions: 1024 x 768)Imagem

Com o Martin B-10 (Martin 139WAN), notem que são da mesma época, e o B-10 era até o surgimento do B-17 o bombardeiro mais poderoso em serviço do USAAC, os EUA tiveram outro grande bombardeiro pesado o Curtiss Condor, que era um biplano anos luz atrás do TB-3

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Com o MiG-3, aqui dá para ver o tamanho da trozoba…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Com o Caproni Ca 3, notem que o Ca 3 foi um dos melhores bombardeiros da I Guerra Mundial, apenas dez anos separam a concepção desses dois projetos…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Com o North American B-45 Tornado…

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Uma comparação com o Mitsubishi B2M1 Type 89, são da mesma época, os japoneses não tinham uma aviação estratégica, a coisa mais parecida (e pequena que eles tinham como bombardeiros na primeira metade dos anos 30 eram os bombardeiros médios Mitsubishi Ki-1 e Ki-2 “Luise” bimotores, praticamente do tamanho do B-10, já mostrado aqui.

Zoom in (real dimensions: 800 x 600)Imagem

Aqui eu acho que dá para ter uma idéia do gigantismo do TB-3, junto com o KC-97G, não esqueçamos que esse avião é um derivado do Boeing B-29, a envergadura de asa é praticamente a mesma.

A primeira parte do projeto está pronta. Esse fim de semana começo os caças parasitas, vou começar pelos inferiores, possivelmente pelo Grigorovich I-Z.