Vultee V-1 “Bombardero” – Scissors and Planes 1/100

VulteeV-1Spainnr18-7salfotoAeron-1

Esse avião tem uma história engraçada; Ele foi desenvolvido inicialmente para o mercado comercial de rotas aéreas domésticas nos Estados Unidos, sendo ao tempo da sua introdução (1935) um dos mais avançados aviões de transporte do Mundo, sendo mais veloz que muitos caças e bombardeiros militares, tendo como características hélices de passo variável, revestimento metálico trabalhante, equipamento completo de rádio navegação. No entanto seu pequeno tamanho, o advento de aeronaves como o Boeing 247 e o DC-2, retiraram o V-1 do Mercado, que foi operado brevemente pela American Airlines e outros operadores menores. Um desenvolvimento do V-1 para fins militares gerou o bombardeiro de ataque Vultee V-11 que foi operado pela Aviação Militar e pela FAB nos anos 40. Na Europa o único operador do Vultee V-1 foi a LAPE que ao eclodir a guerra civil espanhola em 1936, fez com que os republicanos as confiscassem e com mais máquinas que foram compradas de diversas origens formassem uma força de 15 V-1 que foram convertidos em bombardeiros táticos, por conta de sua velocidade. Nesta função foram ineficazes pela ausência de um porta-bombas e de uma mira adequada. A partir de 1937 os republicanos os transformaram em avião de ligação.

va-v1a-01-cr-12
Modelo da Sicssors and Planes que teve várias modificações e customizações para representar o V-1 dos repulbicanos. Entre elas a adoção de formers internos, detalhes externos como metralhadora, antenas, volume no motor.